• Ouça a Rádio
  • Galeria de Fotos
  • Vídeos
  • Facebook
  • Twitter
Conexão Jornalismo é o primeiro site do país a merecer o selo verde.
Planvale

Busca

 

Conexão TV

Terça-feira, 25 de Junho de 2019

Silêncio? Record afasta Paulo Henrique Amorim após 14 anos

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
VER +

Galeria de Fotos

 
 

 
 

Comunidade

home > colunas > política > brasil

Política - Brasil

 

Segunda-feira, 18 de Março de 2019

Avaliação negativa de Bolsonaro volta a subir

Foto José de Souza - Agência Brasil
Foto José de Souza - Agência Brasil

O número de brasileiros que já admitem que o governo Bolsonaro se tornou uma decepção aumentou na última pesquisa que analisa a popularidade do presidente. Se antes o número daqueles que consideravam o governo ruim ou péssimo estava na faixa de 17%, agora o percentual alcança 24%.

E não é só isso. A diferença entre os que têm avaliação positiva e os com visão negativa caiu de 23 para 13 pontos percentuais. O movimento na expectativa para o restante do mandato foi semelhante: os que esperam uma gestão positiva caíram de 60% para 54%, enquanto os que têm expectativa de uma administração ruim ou péssima são 20%, contra 15% no mês anterior.



Foram feitas 1.000 entrevistas nos dias 11, 12 e 13 de março. A margem de erro é de 3,2 pontos percentuais.

Previdência



Em relação à reforma da Previdência, 64% dos consultados consideram necessárias mudanças no sistema de aposentadorias, mesmo índice de fevereiro. Os entrevistados foram questionados sobre pontos específicos da reforma. A população se divide sobre o estabelecimento de uma idade mínima para a aposentadoria, com vantagem numérica a favor da proposta: 51% concordam totalmente ou em parte com a ideia, enquanto 46% discordam do mecanismo.

Fake news



Rádio, televisão e jornal impresso são as três mídias em que os entrevistados mais acreditam ter contato com informações verdadeiras. Para 64%, 61% e 61%, respectivamente, a maioria das notícias e informações veiculadas nesses meios são verdadeiras.

Na outra ponta estão Facebook, WhatsApp, Twitter e Instagram. Nesses meios, variou de 11% para 17% a parcela da população que acredita que a maior parte das informações ou notícias veiculadas são verdadeiras.

A análise revela que o início do governo Bolsonaro é o pior avaliado desde o governo FHC.

 

Veja também:

>> Bolsonaro vai ajudar a caçar e deportar ilegais brasileiros nos EUA

>> Antropóloga desafia Olavo de Carvalho para debate

>> A tragédia pessoal de um fotojornalista vira reportagem na Folha

>> Deus inventou a Matemática e a Geografia? Só no governo Bolsonaro

>> Carta de Lula ao Comitê Lula Livre

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
  •  
  •  
  •  comentário(s)
  •  
 
Avaliação negativa de Bolsonaro volta a subir
 

Copyright 2019 - WebRadio Programa Conexão - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Go2web

Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!