• Ouça a Rádio
  • Galeria de Fotos
  • Vídeos
  • Facebook
  • Twitter
Conexão Jornalismo é o primeiro site do país a merecer o selo verde.
Planvale

Busca

 
Audiência na TV

Segunda-feira, 13 de Agosto de 2018

Globo bate forte em Aécio Neves e Anastasia - vídeo
Audiência na TV

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook

Conexão TV

Quarta-feira, 08 de Agosto de 2018

"Chandler Bing", de Friends, é internado às pressas nos EUA

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
VER +

Galeria de Fotos

 
 

 
 

Comunidade

home > colunas > polícia > segurança pública

Polícia - Segurança Pública

 

Terça-feira, 12 de Junho de 2018

Rio terá que indenizar familiares de criança morta durante operação

Reprodução de TV
Reprodução de TV

Demorou. Diante de incontáveis casos de inocentes mortos a partir de incursões policiais, a Justiça finalmente decidiu responsabilizar o Estado - responsável maior destas operações. Os casos, uma marca que chegou a ganhar o apelido de "vítima de bala perdida", são tão perversas quanto a própria morte e se sustenta pela impunidade a proteger as autoridades jamais responsabilizadas pelos crimes. Agora, o Estado do Rio foi condenado a pagar R$ 800 mil de indenização por danos morais à família de uma criança de três anos que morreu durante operação policial em 2008, na Tijuca. A informação é do site Conjur.


A decisão unânime da 1ª Turma do Superior Tribunal de Justiça manteve a indenização em favor dos pais do menino, que tiveram o carro confundido com o de supostos criminosos que eram perseguidos pela polícia. O veículo da família foi alvo de 17 tiros.

No Tribunal do Júri, em 2015, o ex-cabo da Polícia Militar acusado de fazer os disparos foi condenado a 18 anos de prisão em regime fechado. O outro policial, que afirmou só ter atirado para o alto, foi absolvido. Os dois foram expulsos da corporação.

Ao analisar o caso, a turma do STJ levou em conta a forma de ação dos policiais, que, acreditando estar diante de veículo com foragidos, dispararam várias vezes contra o carro ocupado por inocentes e causaram a morte da criança.

O colegiado entendeu que o valor fixado é condizente com a gravidade do caso. A indenização será dividida entre os pais, que ficarão com R$ 400 mil cada um.

O relator, ministro Gurgel de Faria, lembrou que a jurisprudência do STJ admite, em caráter excepcional, a alteração do valor arbitrado, caso seja irrisório ou exorbitante, afrontando os princípios da razoabilidade e da proporcionalidade, o que, segundo ele, não aconteceu nesse caso.

"À vista do quadro delineado, observo que a aludida importância é condizente com a gravidade do caso vertente, que trata da perda de um filho", disse. Com informações da Assessoria de Imprensa do STJ.

 

Veja também:

>> Rosário enviado a Lula tem a benção do papa, mas não foi enviado por ele

>> A Copa do Mundo não tem torcida

>> Moro chama de "propaganda" narrativa da popularidade de Lula e leva bronca - vídeo

>> Leonardo Giordano: "Romário e Paes são a manutenção de Temer e Cabral"

>> Papa Francisco envia rosário a Lula, mas Moro não deixa representante entrar na prisão - vídeo

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
  •  
  •  
  •  comentário(s)
  •  
 
Rio terá que indenizar familiares de criança morta durante operação
 

Copyright 2018 - WebRadio Programa Conexão - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Go2web

Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!