• Ouça a Rádio
  • Galeria de Fotos
  • Vídeos
  • Facebook
  • Twitter
Conexão Jornalismo é o primeiro site do país a merecer o selo verde.
Planvale

Busca

 
Audiência na TV

Segunda-feira, 15 de Outubro de 2018

Caetano entrevista Manuela D'Ávila
Audiência na TV

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook

Conexão TV

Terça-feira, 02 de Outubro de 2018

Globo X Record: nem nas pesquisas as emissoras combinam

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
VER +

Galeria de Fotos

 
 

 
 

Comunidade

home > colunas > polícia > segurança pública

Polícia - Segurança Pública

 

Quinta-feira, 19 de Julho de 2018

Preso no Rio o Doutor Bumbum

Médico e mãe acusados de cirurgia que levou à morte
Médico e mãe acusados de cirurgia que levou à morte
Responsabilizado pela polícia por conta da morte de uma paciente após cirurgia estética para implante de silicone na região glútea, o médico que ficou conhecido como Doutor Bumbum, apelido dado a Denis Cesar Barros Furtado, foi preso na tarde desta quinta-feira (19) em um centro comercial da Barra da Tijuca. Ele estava ao lado da mãe, a médica Maria de Fátima Barros Furtado, que teve o registro que garantiria o exercício da profissão cassado há dois anos. Na delegacia ele concedeu coletiva e negou qualquer responsabilidade na morte. Segundo ele, todos os procedimentos pré-cirúrgicos foram feitos e pedidos de exames para evitar problemas no pós-cirúrgico.

O médico e sua mãe foram apontados pela polícia como suspeitos de terem adotado algum procedimento ilegal. Lilian Calixto, uma bancária de 46 anos, foi submetida ao implante no último sábado. Segundo o médico, após a intervenção ela passou a se sentir mal e ele optou por levá-la ao hospital. Lá, seis horas após o implante, ela veio a óbito. Além dele, a mãe, também médica e que teria tido seu registro cassado, também teria participado da cirurgia. Ele negou.

A delegada do caso explicou:

- Eles já haviam negociado a apresentação, que aconteceria às 16h. Agora eles serão ouvidos, recolhidos. Vou cumprir o mandado de prisão. Eles não vão para Benfica, ainda tem muita coisa a ser esclarecida. Foi um desfecho satisfatório. A Polícia Milita e a Polícia Civil deram uma resposta rápida - afirmou a delegada, que vai indiciá-los por homicídio qualificado e associação criminosa.

A PM chegou ao médico após receber informações do Disque-Denúncia. "Doutor Bumbum" e a mãe estavam no escritório do novo advogado dos dois, Marcus Cezar Braga. Mais cedo, policiais do 10º BPM (Barra do Piraí) tinham feito uma busca em Vassouras, no Sul Fluminense, atrás da dupla. Os agentes foram a uma fazenda e a um hotel na cidade, ambos de propriedade do empresário Carlos César Matoso Furtado, pai de Denis. Ele disse que o filho esteve na cidade na quarta-feira, dia 11. Os PMs tinham ainda a informação de que o médico teria comprado um Fiat Punto branco numa concessionária em Vassouras.

A namorada do "Dr. Bumbum", Renata Fernandes Cirne, de 19 anos, foi presa no domingo, após a morte da bancária. Ela foi transferida nesta quarta-feira (18) para o presídio de Benfica. Renata também é acusada de ter participado do procedimento que terminou com a morte de Lilian Calixto.

Nesta mesma quinta-feira o Conselho Regional de Medicina do Distrito Federal (CRM-DF) cassou o registro do médico em um processo ético-profissional. A decisão ainda deve ser submetida ao Conselho Federal de Medicina (CRM), e cabe recurso. Em março de 2016, o "Doutor Bumbum" foi alvo de uma interdição cautelar para o exercício da profissão, a qual foi suspensa três meses depois pela Justiça. O CRM-DF informou que o processo é sigiloso e não deu detalhes sobre o caso. O médico também tem registro profissional no CRM de Goiás.


Lilian Calixto: bancária vítima de erro médico
Lilian Calixto: bancária vítima de erro médico   

Lilian Calixto (foto) morreu na madrugada do último domingo, horas após ser submetida a um procedimento estético para aumentar o glúteo, realizado em uma cobertura na Barra da Tijuca. Segundo parentes, a vítima saiu de Cuiabá, no Mato Grosso, no sábado, dia 14, para realizar as aplicações de silicone com Denis. O procedimento teria custado R$ 20 mil.

Após a intervenção, a bancária teve complicações e foi encaminhada pelo próprio médico para um hospital particular, também na Barra, aonde chegou ainda lúcida, mas com taquicardia, sudorese intensa e hipotensão.



Ela teve quatro cardiorrespiratórias e não resistiu. A hipótese inicial levantada sobre as causas da morte seria embolia pulmonar, devido à aplicação de produto sintético.

Segundo as investigações, o médico, que fazia propaganda em redes sociais na Internet, teria usado a substância PMMA no corpo da bancária. A sigla significa polimetilmetacrilato, material parecido com plástico, composto por microesferas e utilizado para fazer preenchimentos corporais e faciais. O produto é aprovado pelo Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), mas indicado para situações pontuais e em pequenas quantidades.

Na sua coletiva, o médico negou qualquer responsabilidade e respondeu uma a uma as perguntas dos repórteres. Ele disse ser oficial médico do Exército da Reserva. Ele afirmou ter sido alvo de tiros antes de ser preso e que pensou que estivesse sendo vítima de vingança ou de um assalto.

Lilian Calixto, segundo o médico, chegou a pedir ao médico que cuidasse das suas jóias enquanto esteve no hospital. Para ele, a mulher foi vítima de problemas orgânicos - sua morte não teria se dado em função do implante.

 

Veja também:

>> Filhos de políticos tentam eleição

>> Lula, em artigo: "afasta de mim este cale-se!"

>> Bolsonaro com oito segundos e muitas rejeições - vídeo

>> Por que o TRF4 condenou a mulher de Cunha, absolvida por Moro?

>> Em Carta, ativistas condenados denunciam perseguição

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
  •  
  •  
  •  comentário(s)
  •  
 
Preso no Rio o Doutor Bumbum
 

Copyright 2018 - WebRadio Programa Conexão - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Go2web

Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!