• Ouça a Rádio
  • Galeria de Fotos
  • Vídeos
  • Facebook
  • Twitter
Conexão Jornalismo é o primeiro site do país a merecer o selo verde.
Planvale

Busca

 
Audiência na TV

Quinta-feira, 12 de Dezembro de 2019

Boa dica Netflix? "História de um casamento".
Audiência na TV

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook

Conexão TV

Quinta-feira, 12 de Dezembro de 2019

Charlie Sheen, a lenda, comemora dois anos longe das drogas

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
VER +

Galeria de Fotos

 
 

 
 

Comunidade

home > colunas > polícia > segurança pública

Polícia - Segurança Pública

 

Terça-feira, 19 de Novembro de 2019

PM procura saber quem são os homens que envenenaram moradores de rua em SP

Foto divulgação da Polícia Militar de SP
Foto divulgação da Polícia Militar de SP


Oferecer bebida alcoólica envenenada a moradores de rua é uma versão modificada dos atos que consistiam em jogar álcool em quem dormia ou mesmo atirar em grupos de sem-tetos. E nesta nova modalidade, quatro pessoas morreram em Barueri, na Grande São Paulo, após ingerir uma bebida alcoólica oferecida por um desconhecido. A suspeita é que todos tenham sido envenenados. Das quatro vítimas, três eram moradores de rua -a prefeitura de Barueri chegou a confirmar uma quinta morte, mas recuou e retificou a informação neste domingo. Outras cinco pessoas também passaram mal ao ingerirem o líquido e foram encaminhadas ao pronto-socorro da cidade. A bebida terá que ser enviada ao Instituto de Criminalística para que se faça um estudo da sua composição. A Polícia não informou se conseguiu o material. Caso contrário terão que fazer autópsia nos cadáveres.


Em nota, a Prefeitura de Barueri informou que um dos socorridos contou que recebeu uma bebida quando esteve na Cracolândia, região central de São Paulo, e a ofereceu aos demais. A Cracolândia fica a 25 km de onde os moradores começaram a passar mal. A Polícia Civil apreendeu a garrafa e solicitou uma perícia técnica.

Segundo a prefeitura, oito pessoas deram entrada no Pronto-Socorro Central de Barueri com indícios de envenenamento. Edson Sampaio, de 40 anos, Luiz Pereira da Silva, de 49, Marlon Alves Gonçalves, de 39, e Denis da Silva morreram na manhã de sábado. A prefeitura chegou a confirmar a morte de Renilton Ribeiro Freitas, de 43 anos, na manhã deste domingo, mas retificou a informação horas depois e desmentiu a morte.

Dois moradores de rua, um homem e uma mulher que estavam no mesmo grupo, continuam internados no Hospital Municipal em Barueri. Já outro sobrevivente do grupo está internado no pronto-socorro da cidade.

O caso foi registrado como morte suspeita pela Delegacia Central de Barueri, responsável pelas investigações. Resta saber qual será o grau de empenho da polícia em esclarecer o caso.

 

Veja também:

>> Torcida do Vasco cria a "Rivasco" para zoar o rival Flamengo

>> Monica Bérgamo responde a Augusto Nunes em mais um embate entre jornalistas

>> Bebianno diz, em entrevista, que Moro mentiu em depoimento na Câmara

>> PF faz operação contra venda de decisões da Justiça na Bahia

>> Rafael Corrêa: o que houve na Bolívia foi claramente um golpe

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
  •  
  •  
  •  comentário(s)
  •  
 
PM procura saber quem são os homens que envenenaram moradores de rua em SP
 

Copyright 2019 - WebRadio Programa Conexão - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Go2web

Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!