• Ouça a Rádio
  • Galeria de Fotos
  • Vídeos
  • Facebook
  • Twitter
Conexão Jornalismo é o primeiro site do país a merecer o selo verde.
Planvale

Busca

 

Conexão TV

Sábado, 03 de Novembro de 2018

Alec Baldwin é preso após confusão em estacionamento

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
VER +

Galeria de Fotos

 
 

 
 

Comunidade

home > colunas > polícia > segurança pública

Polícia - Segurança Pública

 

Quinta-feira, 21 de Junho de 2018

PM e companheiro são alvo de homofobia nas redes sociais

O PM Polícia Militar Wallace Ferreira Pereira e o companheiro Mauro Ximenes
O PM Polícia Militar Wallace Ferreira Pereira e o companheiro Mauro Ximenes


Um acontecimento que tem tudo para iniciar um processo de contestação da homofobia foi deflagrado e forma ofensiva. O soldado da Polícia Militar Wallace Ferreira Pereira e o companheiro Mauro Ximenes sofreram ataque homofóbico nas redes sociais com a exposição de foto íntima do casal. O autor da postagem ofensiva compartilhada em grupos de Whatsapp e Facebook fez um comentário pejorativo sobre a integração do PM homossexual à corporação. O casal, que vive em Brasília, ganhou grande apoio nas redes sociais nesta quarta-feira (20) depois de responderem à provocação no Instagram.



Com informações da Revista Fórum

O texto da mensagem homofóbica acompanhada de uma foto da intimidade do casal dizia: "Antigamente só tinha PM barrigudão que comia PF de arroz com feijão e torresmo naqueles botequins pé sujo. Aí a PM começou a exigir faculdade e começaram a chegar uns caras que não comem carne gordurosa porque faz mal, só bebem suco Detox e acham que têm a bunda que a das mulheres. Só podia dar nisso".

O policial pertence ao 9º Batalhão de Polícia Militar do Espírito Santo e está cedido à Força Nacional de Segurança, na capital federal. O casal postou vídeos, cada um em sua conta no Instagram, sobre o caso. Eles pretendem levar o caso à Polícia Civil para a punição do autor da postagem.

"Nada vai ficar em vão. Isso não vai prejudicar minha, vida, minha rotina. Mas o que aconteceu comigo, pode acontecer com qualquer outro. Isso não pode ficar impune. O resultado vai ser muito ruim para quem começou isso e para quem está compartilhando. Para quem Obrigado todo mundo que ajudou a me avisar" disse o soldado na gravação.

Não é a primeira vez que o soldado é vítima de boatos nas redes sociais. Em maio, ele foi vítima de um boato de que teria tentado suicídio. Ele usou os perfis nas redes sociais para esclarecer que se tratava de uma "fake news". O companheiro do policial, também usou a conta na rede social para comentar sobre o ataque sofrido.


Caso repercutiu na internet
Caso repercutiu na internet  

"Eu e meu companheiro temos sido vítimas de mensagens de cunho homofóbico homofóbico. Tudo começou com uma fake news. Não satisfeitos eles resolveram nos denegrir no Whatsapp. Nós estamos tomando providências. Já estamos entrando em contato com a delegacia especializada. Estamos colhendo prints que as pessoas tem nos mandado de forma expontânea. E o recado é o seguinte: nada na internet fica sem registro. Tudo deixa rastro", disse Ximenes.

O casal vem recebendo mensagens de carinho nas postagens sobre o ocorrido. "Menos preconceito e mais amor", escreveu um rapaz. "Justiça para essa covardia" escreveu uma jovem na conta do policial.

 

Veja também:

>> Nathali Macedo: Globo que silenciou quando xingaram Dilma caça ofensores na Rússia

>> Brasil de Fato revela em vídeo cidade mineira onde ninguém está nem aí para a Copa

>> Peru é a primeira seleção sul-americana a cair na Copa da Rússia

>> Exército cerca favelas da Zona Sul do Rio

>> Mauro Santayana e os novos verbetes obrigatórios da política brasileira

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
  •  
  •  
  •  comentário(s)
  •  
 
PM e companheiro são alvo de homofobia nas redes sociais
 

Copyright 2018 - WebRadio Programa Conexão - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Go2web

Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!