• Ouça a Rádio
  • Galeria de Fotos
  • Vídeos
  • Facebook
  • Twitter
Conexão Jornalismo é o primeiro site do país a merecer o selo verde.
Planvale

Busca

 

Conexão TV

Terça-feira, 25 de Junho de 2019

Silêncio? Record afasta Paulo Henrique Amorim após 14 anos

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
VER +

Galeria de Fotos

 
 

 
 

Comunidade

home > colunas > polícia > segurança pública

Polícia - Segurança Pública

 

Quarta-feira, 09 de Janeiro de 2019

Moro enfrenta a rejeição comum a políticos impopulares - vídeo



Se até outro dia Moro tinha a seu favor o argumento de que trabalhava de acordo com a lei, de maneira isenta e imparcial, ao deixar a magistratura e mergulhar de corpo e alma, literalmente, no governo Bolsonaro este escudo protetor desapareceu. O silêncio diante do escândalo de Fabrício Queiroz, assessor de Flávio Bolsonaro, que acumulou mais recursos do que poderia através do salário, foi uma das razões da sua perda de prestígio. O resultado é que, ao ir ao Ceará para acompanhar de perto a movimentação das tropas federais, no combate ao crime organizado, foi reconhecido e apupado em um supermercado.



Ali falaram sobre seu jogo duplo (criticou malfeitos do PT, mas abona a de correligionários) e até mesmo do período em que recebeu auxílio moradia da ordem de R$ 5 mil enquanto morava em apartamento próprio em Curitiba. O caso mais grotesco foi quando minimizou o caixa dois do agora ministro Onyx Lorenzoni afirmando que o político pediu desculpas. Se já não fosse suficientemente grotesco, soube-se depois que Onyx se envolveu em outros escândalos.

A mudança de ânimo da população diante do juiz é de tal ordem que até mesmo sua mulher, Rosângela Moro, foi às redes sociais pedir uma espécie de trégua a favor do governo - mas, a considerar o que houve em Fortaleza, a população não aceita termos impostos e quer ter o direito de protestar.


 

Veja também:

>> Após matar animais raros e postar fotografias, americana é "caçada" na internet

>> Promoção do filho de Mourão causa revolta entre funcionários do BB e nas redes

>> Quem paga as diárias de Fabrício Queiroz no Albert Eistein?

>> Tretas do governo Bolsonaro são maiores do que o tempo de governo....

>> Globonews alivia e chama governo Bolsonaro de "centro direita"

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
  •  
  •  
  •  comentário(s)
  •  
 
Moro enfrenta a rejeição comum a políticos impopulares - vídeo
 

Copyright 2019 - WebRadio Programa Conexão - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Go2web

Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!