• Ouça a Rádio
  • Galeria de Fotos
  • Vídeos
  • Facebook
  • Twitter
Conexão Jornalismo é o primeiro site do país a merecer o selo verde.
Planvale

Busca

 

Conexão TV

Terça-feira, 23 de Maio de 2017

Ayres Brito vê brecha constitucional para eleições diretas - vídeo

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
VER +

Galeria de Fotos

 
 

 
 

Comunidade

home > colunas > investimento

Investimento

 

Sexta-feira, 07 de Março de 2014

Preço dos imóveis cai em três capitais

R7

Os preços de imóveis continuam subindo no Brasil, mas essa elevação é cada vez mais fraca. E em algumas capitais, os imóveis estão até ficando mais baratos. É o que revela o Índice Fipezap, divulgado nesta sexta-feira (07). O levantamento considera os preços dos imóveis anunciados em 16 cidades brasileiras.

O m² no país custou, em média, R$ 7.363 em fevereiro, um aumento de 0,57% na comparação com janeiro - alta que ficou abaixo da inflação prevista para o mês, em torno de 0,63%.

Das 16 cidades pesquisadas, em 9 o crescimento ficou abaixo da inflação. Em três delas, inclusive, houve queda dos preços.

Confira a seguir onde os imóveis estão ficando mais baratos no Brasil:

Economistas ouvidos pelo governo preveem que a inflação deve ficar em 0,63% em fevereiro.
Em Curitiba (foto), os preços dos imóveis caíram, em média, 0,07%.

Um apartamento de 50 m², por exemplo, foi anunciado no mês passado por R$ 253.950. No mês de janeiro, um apartamento de mesmo tamanho foi anunciado, em média, por R$ 254.127.

Já em Brasília, o valor do m² caiu 0,33% em fevereiro, na comparação com janeiro. A capital do país foi ainda a única das cidades que registrou diminuição dos preços no acumulado do ano (-0,65%).

Um apartamento de 50 m² na capital federal foi anunciado no mês passado, em média, por R$ 405.900. No mês anterior, o mesmo imóvel era anunciado por R$ 407.243.

Porto Alegre foi a terceira cidade onde foram registrados preços mais baixos, com queda de 0,37% no mês.

Um apartamento de 50 m² na capital gaúcha foi anunciado no mês passado, em média, por R$ 243.400. No mês anterior, o mesmo imóvel era anunciado por R$ 244.303

Mais caros

Os imóveis na cidade do Rio de Janeiro subiram mais do que a inflação: 1,08%. Foi o maior aumento entre as cidades pesquisadas. O índice significa que cada m² na capital fluminense ficou R$ 111 mais caro no mês passado. Um apartamento de 50 m², por exemplo, foi anunciado por R$ 518.050 em fevereiro.

O preço médio dos imóveis em Recife (PE) cresceu 0,89% em fevereiro, acima da inflação prevista (0,63%). Em Niterói (RJ), o aumento médio foi de 0,82%, chegando a R$ 7.230 o m². Os imóveis de Fortaleza (CE) tiveram quase a mesma elevação média que em Niterói: 0,81%.

São Caetano do Sul (SP), a cidade com o maior IDH (Índice de Desenvolvimento Humano) do País, segundo o IBGE, teve uma aumento médio de seus preços de 0,79% em fevereiro. Santo André (SP), outro município do Grande ABC, teve crescimento de 0,76%, chegando a R$ 4.621 o m².

São Bernardo do Campo (SP), cidade também da mesma região, teve aumento médio de 0,67% em fevereiro, chegando a R$ 4.371 o m².

Crescimento menor do que a inflação

O avanço médio dos imóveis em São Paulo foi quase o mesmo que o da inflação prevista: 0,62%. Um apartamento de 50 m² na capital paulista foi anunciado por R$ 394.350, em média, no mês passado.

Já em Salvador (BA), o avanço médio dos preços foi de 0,6%, contra a inflação prevista de 0,63%. Em Vila Velha (ES), o aumento médio foi de 0,56%, chegando a R$ 3.852 o m². O crescimento foi de 0,45% em Florianópolis (SC), chegando a R$ 5.201 o m².

Em Belo Horizonte (MG), o aumento foi de 0,42%, chegando a R$ 5.381 o m².

Já a capital do Espírito Santo, Vitória, registrou um aumento médio dos imóveis em 0,36%, chegando a R$ 4.574 o m².

As cidades pesquisadas com o m² mais caro em fevereiro, na ordem, são: Rio de Janeiro, Brasília, São Paulo, Niteroi, Recife, Belo Horizonte, São Caetano do Sul, Florianópolis, Curitiba, Porto Alegre, Santo André, Vitória, São Bernardo do Campo, Salvador e Vila Velha.

O Índice Fipezap é levantado pela Fipe (Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas) em conjunto com o Zap Imóveis.

 

Veja também:

>> James Akel é vítima de perfil falso no Facebook

>> Arouca é vítima de ataques racista em vitória do Santos sobre Mogi Mirim

>> Comissão da Verdade pede que Dilma mude oficialmente causa morte de JK

>> Ucrânia: Viktor Ianukóvitch é internado em estado grave

>> Garcia: Imprensa amplia crise na Venezuela

>> Ex-atacante de Corinhians e Inter é internado por vício do crack

>> A rotina de dois médicos cubanos no interior do Ceará

>> Consulte seu horóscopo diário

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
  •  
  •  
  •  comentário(s)
  •  
 
Preço dos imóveis cai em três capitais
 

Copyright 2017 - WebRadio Programa Conexão - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Go2web

Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!