• Ouça a Rádio
  • Galeria de Fotos
  • Vídeos
  • Facebook
  • Twitter
Conexão Jornalismo é o primeiro site do país a merecer o selo verde.
Planvale

Busca

 
Audiência na TV

Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

Você é um abolicionista moderno ou escravagista?
Audiência na TV

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook

Conexão TV

Domingo, 10 de Dezembro de 2017

Morre aos 98 anos a atriz Eva Todor

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
VER +

Galeria de Fotos

 
 

 
 

Comunidade

home > colunas > notícias internacionais

Notícias Internacionais

 

Quinta-feira, 12 de Outubro de 2017

Sally Jones: convertida ao EI, guitarrista britânica é morta em ataque por drone

Parece coisa de cinema. E vai acabar se tornando. Mas a história é de fato surpreendente. Uma guitarrista mediana de bandas de rock é cooptada pelo grupo Estado Islâmico, vira uma espécie de arregimentadora da causa e termina morta em ataque de um drone. A britânica Sally Jones é a dona da biografia. De acordo com o diário "The Sun", que cita fontes do setor de inteligência britânica, o filho de 12 anos da ex-roqueira também morreu.

Ao se converter ao Islã, a britânica viajou à Síria em 2013 e recebeu o apelido de "Viúva Branca" na imprensa do país natal. Seu marido, Junaid Hussain, também militante do grupo terrorista, foi morto por um drone há dois anos. Na época, ela ameaçou se explodir ao saber do falecimento do companheiro.





O "The Sun" reporta que Sally e o filho foram atingidos em junho por um bombardeio próximo à fronteira da Síria com o Iraque. Ela tentava, na ocasião, atravessar para o reduto extremista de Raqqa. O menino é suspeito de ter também executado prisioneiros. Na foto ao lado seria ele o jovem que aparece com a arma.

Chefes da inteligência americana teriam reportado que não é possível ter certeza sobre a morta de Sally em função da impossibilidade de recolher DNA no local do bombardeio. Ainda assim, as autoridades estavam "confiantes" de que ela havia morrido. O filho também é dado como morto, embora as forças americanas não o tivessem como alvo.

Antes da guinada jihadista, Sally foi cantora de uma banda punk e era aclamada pela imprensa britânica, que reportou a sua ida à Síria em 2013. Ela deixou a casa em Kent e viajou para se casar com Hussain, um homem que conheceu na internet. A ex-roqueira atuava na web para recrutar membros ao grupo e não raro postava mensagens de propaganda da ideologia extremista.


 

Veja também:

>> 50 anos da morte de Che e a preocupação global de desconstruir o mito

>> Battisti crê que Temer deseja entregá-lo ao governo italiano

>> Alckmin afasta delegado que invadiu casa do filho de Lula

>> Atrizes de Hollywood denunciam diretor por assédio sexual

>> Polícia de Alckmin vai à casa de filho de Lula e leva computadores

>> "Suburra: sangue em Roma" é ótima opção Netflix - vídeo

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
  •  
  •  
  •  comentário(s)
  •  
 
Sally Jones: convertida ao EI, guitarrista britânica é morta em ataque por drone
 

Copyright 2017 - WebRadio Programa Conexão - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Go2web

Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!