• Ouça a Rádio
  • Galeria de Fotos
  • Vídeos
  • Facebook
  • Twitter
Conexão Jornalismo é o primeiro site do país a merecer o selo verde.
Planvale

Busca

 

Galeria de Fotos

 
 

 
 

Comunidade

home > colunas > gastronomia > nutrição

Gastronomia - Nutrição

 

Segunda-feira, 15 de Maio de 2017

Dieta do Jejum, febre entre artistas, tem resultado controverso

Da Redação

Deborah Secco é adepta da Dieta do Jejum
Deborah Secco é adepta da Dieta do Jejum

O princípio é interromper, de tempos em tempos, podendo chegar a até 24 horas, a ingestão de alimentos. Para a turma que vive submetida a fita métrica e balança digital, para contabilizar miligramas, pode até não ser tão difícil. Mas pense num cabra acostumado a realizar de quatro a seis refeições e micro refeições por dia? Vai dar zebra, né não? Pense no mau humor!



Jejum intermitente promove
a mesma perda calórica que outras dietas comuns



Método de emagrecimento faz com que as pessoas fiquem longos períodos de tempo sem comer


Febre entre famosas como Déborah Secco e Beyoncé, a dieta do jejum intermitente caiu no gosto das mulheres brasileiras. Baseada na alternância entre dias comuns e outros com longos períodos sem ingestão de alimentos, em que os adeptos ficam sem comer por 12 horas e às vezes 24 horas, esse método de emagrecimento promete resultados milagrosos em pouco tempo, mas, segundo um estudo publicado recentemente pela JAMA Internal Medicine, nos Estados Unidos, dietas baseadas em jejuns prolongados não são mais eficazes do que dietas comuns.

Enquanto nas dietas comuns se pratica uma restrição calórica contínua, o jejum intermitente intercala dias de dieta normal com dias de grande restrição calórica, em que é ingerido cerca de um quarto das calorias habituais. Normalmente são feitos cinco dias de dieta normal e dois dias de restrição calórica. A ideia do jejum intermitente seria tentar "burlar" o mecanismo de adaptação que ocorre em pacientes em restrição calórica contínua, em que se dá a diminuição do metabolismo basal. Além disso, há estudos que mostram aumento da produção de hormônios que ajudam no emagrecimento, como as catecolaminas e o hormônio do crescimento, em pacientes submetidos ao jejum intermitente.

Porém, segundo os pesquisadores da Universidade de Illinois, onde foi feito o estudo, no qual se compararam as duas dietas (restritiva contínua versus jejum intermitente), foi constatado que as pessoas submetidas ao jejum intermitente têm mais dificuldades de manter a rotina com tamanha restrição. Ao contrário do que se supunha, os dias de "folga" não facilitaram a adesão à dieta. O número de indivíduos com dificuldade de seguir a dieta do jejum intermitente chegou a quase 50%.

Dra  Yolanda Schrank: risco de aumentar tempo de dieta...
Dra Yolanda Schrank: risco de aumentar tempo de dieta...  
Além da aparente ineficiência diante das outras formas de perder peso já conhecidas, a endocrinologista Yolanda Schrank, integrante do corpo clínico do Alta Excelência Diagnóstica, aponta que a principal preocupação médica relacionada ao jejum intermitente é que ele induza um comportamento de risco aos adeptos: ao verem que de fato perderam peso ao ficarem sem comer, aumentem os períodos em jejum por vários dias seguidos, visando a um gasto maior de calorias. Tal comportamento pode, inclusive, resultar na falta de nutrientes essenciais, em hipovitaminoses, hipoglicemia e desidratação, colocando em risco a vida do praticante.



A saída para quem quer adotar jejuns alternados em seu dia a dia é fazê-los com consciência: nunca manter a restrição por vários dias seguidos, e sim por apenas um, e alterná-lo com dias de alimentação saudável. A médica relembra que uma alimentação equilibrada e atividade física regular ainda são as melhores formas de emagrecer e manter a saúde.

Por fim, não é aconselhado que crianças, idosos e pessoas diabéticas, hipertensas ou com baixa quantidade de açúcar no sangue adotem esse método de emagrecimento, já que a alimentação saudável e contínua é essencial para o desenvolvimento infantil e para a saúde na terceira idade, além de manter estáveis os níveis de açúcar e a pressão sanguínea. A recomendação é jamais fazer dieta sem antes consultar seu médico.

 

Veja também:

>> A aberração contra Lula só é possível por um motivo

>> Temer não crê que será reeleito. De onde ele tirou esta ideia?

>> É tudo parte do golpe - por Jandira Feghali

>> Português Salvador Sobral vence Festival Eurovisão da Canção - vídeo

>> Sassá mergulha em nova crise com Botafogo após afirmar não ser mercenário

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
  •  
  •  
  •  comentário(s)
  •  
 
Dieta do Jejum, febre entre artistas, tem resultado controverso
 

Copyright 2017 - WebRadio Programa Conexão - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Go2web

Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!