• Ouça a Rádio
  • Galeria de Fotos
  • Vídeos
  • Facebook
  • Twitter
Conexão Jornalismo é o primeiro site do país a merecer o selo verde.
Planvale

Busca

 
Audiência na TV

Terça-feira, 22 de Setembro de 2020

Mignonnes: corra e assista no Netflix antes que Damares censure
Audiência na TV

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook

Conexão TV

Quarta-feira, 23 de Setembro de 2020

"Remédio Amargo": filme que lava a alma da mulher oprimida

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
VER +

Galeria de Fotos

 
 

 
 

Comunidade

home > colunas > gastronomia > culinária

Gastronomia - Culinária

 

Quarta-feira, 08 de Junho de 2016

Já são 30 senadores contra o impeachment, revela Roberto Requião

Da Redação

Embora muita gente pense que o que está em jogo na política nacional é apenas a preservação ou não do mandato da presidenta Dilma, há um outro componente em jogo e que tem ganhado força: novas eleições. O senador paranaense, Roberto Requião (PMDB), postou em sua rede social uma informação que deve preocupar muito aos dois lados em disputa pela hegemonia em Brasília. Segundo ele, em jantar com 30 senadores dos atuais 81, todos garantiram que votarão contra o impeachment. Mas há uma condição: desejam que seja convocada uma nova eleição extemporânea. ^

O aviso do senador, um dos mais críticos do governo interino de Temer, provocou tremores emocionais e estruturais no Palácio do Planalto onde o interino faz conta em cima de conta para alcançar 54 votos no Senado - número mínimo para garantir manter-se diante do governo.

Nesta quarta-feira (8) a Comissão do Impeachment começa a ouvir, a partir das 11 horas, as testemunhas arroladas. E a razão do desespero dos aliados do presidente ilegítimo é compreensível: para enterrar de vez o afastamento da presidente eleita seriam necessários apenas 27 votos. Na votação pela admissibilidade do impeachment, em 12 de maio, foram 22 senadores contrários e 55 favoráveis.

Requião revelou que o grupo convergiu para a realização de novas eleições diretas ainda este ano.

Eis o texto de Temer:

"Num jantar com 30 senadores esta noite, estupefatos com últimos acontecimentos, convergimos para eleições diretas muito logo. Povo decide!", tuitou.

Resta saber se Dilma concordará em abrir mão da metade do seu mandato.

 

Veja também:

>> Ocupação da Secretaria de Educação do Rio - acordos não cumpridos - vídeo

>> Penélope Toledo: musa uma ova, Rosângela Santos é atleta

>> Dia dos Namorados é para levar o amor ao pé da mesa

>> Dilma não cede a pressão e avisa: viaja de ônibus, caminhão e até avião....

>> Patrícia Pillar: colocar o governo "mafioso" no poder não valeu a pena

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
  •  
  •  
  •  comentário(s)
  •  
 
Já são 30 senadores contra o impeachment, revela Roberto Requião
 

Copyright 2020 - WebRadio Programa Conexão - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Go2web

Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!