• Ouça a Rádio
  • Galeria de Fotos
  • Vídeos
  • Facebook
  • Twitter
Conexão Jornalismo é o primeiro site do país a merecer o selo verde.
Planvale

Busca

 
Audiência na TV

Segunda-feira, 03 de Agosto de 2020

Felipe Neto critica Globo e CNN em entrevista na Globonews - vídeo
Audiência na TV

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook

Conexão TV

Quinta-feira, 06 de Agosto de 2020

Netflix: Rede de Ódio é um filme obrigatório nestes tempos

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
VER +

Galeria de Fotos

 
 

 
 

Comunidade

home > colunas > estética > moda

Estética - Moda

 

Domingo, 29 de Outubro de 2017

Lula e Bolsonaro vão protagonizar o principal combate eleitoral em 2018

Depois de longo silêncio, o Ibope finalmente realizou pesquisa de intenção de votos para a Presidência da República. E o resultado talvez explique a hibernação: Lula aparece como favorito para vencer ainda no primeiro turno sob qualquer cenário. Com isso, a chance de que venha a ser condenado em segunda instância, de forma que se efetive o objetivo evidente da Operação Lava-Jato, passa a ser ainda mais aguardado. Bolsonaro, Marina, Dória, Alckmin, Serra, separados ou juntos, não seriam capazes de frear o candidato do PT. De acordo com estes dados, Lula e Bolsonaro farão o principal combate no pleito do próximo ano. Veja os números.

Lula, de acordo com os números, alcança 35% das intenções de voto. Caso houvesse segundo turno, o candidato da extrema direita, Jair Bolsonaro (PSC), seria seu mais forte concorrente. Bolsonaro é o preferido entre jovens do sexo masculino com idades entre 17 e 24 anos, nascidos ou moradores do norte ou centro oeste e com curso universitário. O ex-capitão do Exército alcança 15% das preferências. A pesquisa foi divulgada na coluna de Lauro Jardim, no O Globo. No caso de uma substituição de Lula por Haddad, Jair Bolsonaro ficaria com 18%.

A pesquisa contou com 2.002 entrevistados em todos os estados brasileiros, e foi feita entre os dias 18 e 22 de outubro, carregando margem de erro de dois pontos percentuais para mais ou menos.


Marina Silva vem em terceiro lugar, com aceitação entre 8% e 11%, a depender dos adversários. Se Lula não concorrer, Marina empata com Bolsonaro. Ciro Gomes, Alckmin e Doria caminham juntos, com percentuais entre 5% e 7%. Ciro chega a 11% quando Lula é substituído por Haddad.

Na escolha espontânea, quando não é fornecido cartela com nome dos entrevistados, Lula aparece com 26% das intenções, chegando a 42% no Nordeste, e Bolsonaro vem atrás com 9%. Para os demais, o percentual cai, com Marina em 2%, e com 1%, os demais, ou seja, Ciro, Alckmin, Dilma, Temer e Doria. Na espontânea Luciano Huck não é lembrado.

Branco ou nulo é um fator a ser pensado também. Em cenário espontâneo, este filão da pesquisa demonstra 26% e o filão que diz não saber chega a 30%. Em cenário com Lula, brancos e nulos chegam a 18%. E no quesito sem Lula, branco ou nulo vai para 28%. As pessoas que não sabem ou não quiseram responder chegam a 6% no cenário sem Lula e a 30% na resposta espontânea.

 

Veja também:

>> Cinco estrelas: Kate del Castillo desbanca Sean Penn em documentário sobre El Chapo - vídeo

>> Frei Betto e a pergunta que criacionistas não querem responder

>> Enem: alunos terão direito a aulões na Barra

>> Crítica & Literatura: Páginas - nem sempre felizes - de muitas histórias

>> Polícia identifica suspeito de matar coronel da PM do Rio

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
  •  
  •  
  •  comentário(s)
  •  
 
Lula e Bolsonaro vão protagonizar o principal combate eleitoral em 2018
 

Copyright 2020 - WebRadio Programa Conexão - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Go2web

Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!