• Ouça a Rádio
  • Galeria de Fotos
  • Vídeos
  • Facebook
  • Twitter
Conexão Jornalismo é o primeiro site do país a merecer o selo verde.
Planvale

Busca

 

Conexão TV

Quinta-feira, 19 de Abril de 2018

TVs do Reino Unido revelam caso de mulher que escravizava namorado

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
VER +

Galeria de Fotos

 
 

 
 

Comunidade

home > colunas > estética > estilo

Estética - Estilo

 

Quinta-feira, 18 de Janeiro de 2018

"Mas mulher também assedia sim"

Flavia Azevedo
Flavia Azevedo

O tema é tabu. Há mulheres que odeiam ver homens dando pitaco no tema "Feminismo" como se fosse ele uma espécie de propriedade exclusiva de gênero. É mais ou menos que falar para a clara que deve parar de se envolver com a gema. Ou a casca. Mas o fato é que o tema avança e cada vez mais ganha espaço na mídia - o que é ótimo. Neste artigo, Flavia Azevedo mostra um lado da moeda que até então era mantido calado: as mulheres que assediam porque sabem que o homem, pela pressão social que sofre, não poderá dizer não. Ou será chamado de frouxo, bicha, brocha e por aí vai. Leia aqui.

ver mais >>

Domingo, 14 de Janeiro de 2018

O Feminismo no tapete vermelho - artigo

Camiseta à venda com as inscrições
Camiseta à venda com as inscrições "GRL PWR", em referência a Girl Power (Poder Feminino) / Divulgação

Assédio. Estrelas do cinema. Empoderamento. Denúncia. Vitimismo. Liberdade Sexual. Essas palavras tomaram as redes e a mídia nos últimos tempos. Nesta semana esteve em destaque o debate pautado nos tapetes vermelhos do Globo de Ouro entre Oprah Winfrey e Catherine Deneuve sobre assédio sexual e denúncia. E nós continuamos falando sobre o "moralismo puritano" do feminismo estadunidense e sobre a "libertinagem libertária" das francesas.

ver mais >>

Segunda-feira, 27 de Novembro de 2017

"Não tá faltando homem. É a gente que não quer mais"

O debate sobre gênero, machismo e feminino é, certamente, o marco destes tempos. O machismo é visto em cada homem pelo fato de ter pênis, e em nome disso todo castigo aplicado será pouco. Como se uma dívida histórica viesse junto ao nascimento. A mulher, por sua vez, há anos subjugada, sofre a cada dia o tempo que passou como se houvesse um taximetro à sua frente - as viagens passadas cobram o preço. Neste artigo, bem humorado, Flávia Azevedo fala das suas experiências e expectativas diante deste abismo que nos separa. Ah, ela é mãe de Leo.

ver mais >>

Domingo, 03 de Setembro de 2017

"Meu Corpo Não É Público" - publicitários criam campanha para conscientização

Via Athayde Motta - Facebook

A onda de ataques a mulheres nas ruas e principalmente nos coletivos, que ganhou fôlego esta semana com casos registrados no Rio e em São Paulo, ganhou um adversário de peso. Publicitários criaram campanhas com os dizeres "Meu corpo não é público" disponível para ser copiada, reproduzida ou compartilhada nas redes sociais.

ver mais >>

Domingo, 03 de Setembro de 2017

Os 120 anos de Di Cavalcanti serão relembrados por museu em São Paulo

Di Cavalcanti: morto em 1976
Di Cavalcanti: morto em 1976

Ele pintava especialmente as belas mulatas que movimentavam os carnavais e as casas de espetáculos do Rio e de São Paulo. Por este engajamento na cultura popular, na essência da música e da expressão da brasilidade, a data não poderia passar em branco. Di Cavalcanti, o carioca de nome extenso (Emiliano Augusto Cavalcanti de Paula Albuquerque e Melo) será lembrado naquele em que faria 120 anos em um museu na Pinacoteca de São Paulo.

ver mais >>

Segunda-feira, 28 de Agosto de 2017

MP do Rio libera nome social para travestis e transexuais

Da Redação

O Ministério Público do Rio subiu alguns degraus contra a onda de conservadorismo que cerca a atualidade. Servidores travestis e transexuais do Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ) poderão usar o "nome social" em vez do nome civil no âmbito da instituição. De acordo com uma resolução assinada na última terça-feira (22/08) pelo procurador-Geral de Justiça, Eduardo Gussem, travestis e transexuais poderão ser identificados em crachás e outros documentos internos do MPRJ com o nome que adotaram.

ver mais >>

Pág. atual: 1/31
 
 

Copyright 2018 - WebRadio Programa Conexão - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Go2web

Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!