• Ouça a Rádio
  • Galeria de Fotos
  • Vídeos
  • Facebook
  • Twitter
Conexão Jornalismo é o primeiro site do país a merecer o selo verde.
Planvale

Busca

 
Audiência na TV

Terça-feira, 16 de Abril de 2019

Jornalista torturado pela milícia é tema do Conversa com Bial
Audiência na TV

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook

Conexão TV

Sexta-feira, 12 de Abril de 2019

Danilo Gentili sofre nova condenação agora em processo de Marcelo Freixo

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
VER +

Galeria de Fotos

 
 

 
 

Comunidade

home > colunas > estética > beleza

Estética - Beleza

 

Terça-feira, 05 de Junho de 2018

Reviravolta eleitoral: ONU diz que Lula pode ser votado

Geoffrey Robertson é o defensor de Lula na ONU contra arbítrios da Lava-Jato
Geoffrey Robertson é o defensor de Lula na ONU contra arbítrios da Lava-Jato
Uma reviravolta no cenário político que vinha sendo desenhado no país pode estar em curso. Excluído do processo eleitoral por força da pena do juiz Moro, o ex-presidente Lula recebeu da ONU um sinal de que poderá sim se candidatar. Ele lidera as pesquisas de intenção de votos e seria eleito em todos os cenários já analisados. A virada astral ocorre agora quando a Organização das Nações Unidas (ONU), que investiga violações contra os direitos de Lula, reafirma ser assegurado o Pacto de Direitos Políticos e Civis da entidade. Nele consta que todo cidadão tem direito de votar e ser eleito. O artigo 25 b do Pacto, do qual o Brasil é signatário, garante ainda a manifestação da vontade dos eleitores nos processos eleitoral.

A decisão da ONU não é tomada por qualquer ineditismo. Em março, ela atendeu a um pedido similar de políticos catalães, presos nos últimos meses. Ela recomendou, por exemplo, que o deputado independentista Jordi Sanches, fosse liberado para que pudesse participar de eleições. Mas o estado espanhol ignorou a recomendação da ONU.

No último dia 22 de maio, os advogados Cristiano Zanin Martins e Valeska Teixeira Zanin Martins comemoraram a confirmação, pelo Comitê de Direitos Humanos da ONU, da formalização das investigações acerca de violações contra garantias fundamentais do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

A defesa do ex-presidente Lula protocolou na ONU a denúncia das violações em julho de 2016. "Trata-se do primeiro comunicado individual feito por um brasileiro àquele órgão internacional", destacam os advogados.

Nesta segunda-feira (4), faz 58 dias que Lula é mantido preso político na Polícia Federal de Curitiba. Condenado sem provas, o objetivo é tirar o petista da disputa eleitoral deste ano. Ele lidera todas as pesquisas de intenção de voto.

O PT reafirma que registrará a candidatura de Lula no próximo dia 15 de agosto, prazo fatal no TSE.

 

Veja também:

>> Na Globo, sertanejo diz que samba é coisa de "bandido" - vídeo

>> Francis Hime pede, no Faustão, eleição com Lula

>> Caetano sobre Temer se dizer um "iluminado de Deus" - vídeo

>> Empresa italiana passa a ser a maior distribuidora de energia no Brasil

>> Carreira e empreendedorismo: oportunidade para estudantes

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
  •  
  •  
  •  comentário(s)
  •  
 
Reviravolta eleitoral: ONU diz que Lula pode ser votado
 

Copyright 2019 - WebRadio Programa Conexão - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Go2web

Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!