• Ouça a Rádio
  • Galeria de Fotos
  • Vídeos
  • Facebook
  • Twitter
Conexão Jornalismo é o primeiro site do país a merecer o selo verde.
Planvale

Busca

 

Conexão TV

Terça-feira, 23 de Maio de 2017

Ayres Brito vê brecha constitucional para eleições diretas - vídeo

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
VER +

Galeria de Fotos

 
 

 
 

Comunidade

home > colunas > estética > beleza

Estética - Beleza

 

Quarta-feira, 27 de Julho de 2016

Nudez castigada: bombeira do Paraná é presa por fazer ensaio sensual

Da Redação

A beleza que chamou a atenção
A beleza que chamou a atenção
Lilian Vilas Boas é uma bela balzaquiana que há anos cerrou fileiras com o Corpo de Bombeiros do Estado do Paraná. Mas eis que, diante de tantos elogios sobre sua beleza, cedeu aos apelos e decidiu fazer um ensaio sensual revelando sua intimidade. Nada demais, mas apenas os seios. E o que aconteceu? Cadeia. Foi presa por transgredir as normas militares.

A história nos remete a um caso que ganhou repercussão nos anos 92. Marinara Costa, uma detetive de polícia do Rio, posou nua e acabou respondendo a sindicância. Ela era casada com o apresentador de TV, Fernando Vanucci, que foi dos maiores conquistadores do seu tempo. O então secretário de Segurança Pública, Nilo Batista, amenizou na punição. Entendeu que Marinara fizera um grande bem a imagem da polícia do Rio sempre às voltas com escândalos.

A princípio a prisão de Vilas Boas será de oito dias.

"Foi uma pena o que fizeram. Esse projeto tem como objetivo o empoderamento feminino. Mostrar a beleza e fortalecer a ideia que a mulher tem liberdade de fazer o que quiser", diz. "Engraçado que muitos bombeiros (homens) fazem ensaios para revistas masculinas e não são presos", afirma. O fotográfico classificou a decisão do 7º Grupamento do Corpo de Bombeiros como "machismo". "Isso é uma decisão idiota, um machismo dos comandantes".

A bombeira poderá recorrer da decisão, no entanto deverá responder a um processo disciplinar. De acordo com um boletim interno do 7º Grupamento, a punição foi por ela ter exposto "a intimidade e privacidade de seu corpo". A falta foi considerada média pelos superiores, culminando na pena dos oito dias de prisão. O documento é assinado pela tenente Giselle Machado, que é comandante do grupamento.

A soldado em uniforme de trabalho
A soldado em uniforme de trabalho  
Punida com oito dias de prisão
Punida com oito dias de prisão  
Marinara: escândalo em 1990
Marinara: escândalo em 1990  

 

Veja também:

>> Cachorro acompanha a missa até a hora da benção - veja o vídeo

>> Preta Gil denuncia racismo na rede

>> Sílvio Barsetti e a "pergunta do Leão" feita a Neymar - vídeo

>> Ao jornalismo e jornalistas sobre as Olimpíadas Rio 2016

>> Chefe da inteligência de Israel explica como identificar terroristas solitários

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
  •  
  •  
  •  comentário(s)
  •  
 
Nudez castigada: bombeira do Paraná é presa por fazer ensaio sensual
 

Copyright 2017 - WebRadio Programa Conexão - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Go2web

Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!