• Ouça a Rádio
  • Galeria de Fotos
  • Vídeos
  • Facebook
  • Twitter
Conexão Jornalismo é o primeiro site do país a merecer o selo verde.
Planvale

Busca

 

Conexão TV

Sexta-feira, 21 de Julho de 2017

A mosca que caiu na sopa do apresentador da Record - vídeo

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
VER +

Galeria de Fotos

 
 

 
 

Comunidade

home > colunas > esportes > pan

Esportes - Pan

 

Terça-feira, 14 de Julho de 2015

A Pequena Notável Flávia Saraiva conquista bronze e o coração dos canadenses - vídeo

Da Redação

Um metro e trinta e três. Sua altura é melhor descrita assim, por extenso, para que dê à baixinha Flavia Saraiva algo de "grande" quando o tema for seus dotes físicos. Ah, ele tem também trinta e dois quilos. Aos 15 anos, a atleta carioca da ginástica olímpica do Brasil consegue o que há anos parecia impossível: substituir Daiane dos Santos no coração de brasileiros. Mas a jovem que conquistou bronze na exibição desta segunda-feira em solo canadense, conseguiu mais: virou atração e paixão entre o público do país sede do Pan de 2015.

Com o resultado passou a ser a segunda ginasta brasileira medalhista no individual geral na história dos Jogos Pan-americanos. A pequena notável igualou o feito de sua companheira de equipe, Daniele Hypólito, bronze na mesma categoria em Santo Domingo 2003. Daniele, por sinal, também representou o Brasil na disputa desta segunda, no Toronto Coliseum, ficando em um expressivo quinto lugar, entre 24 atletas finalistas.

"Não sei nem o que falar, não tenho palavras para explicar a felicidade que estou sentindo. O Brasil está com uma geração nova muito boa, foi um acaso a Rebeca (Andrade) não estar aqui, porque ela se lesionou. Então a gente representou o país não só pela gente, mas pela Rebeca também. Eu dedico minha medalha a ela", disse Flavia, 15 anos, emocionada com o incentivo que recebeu da torcida canadense.

Nos acertos, especialmente na linda apresentação de solo, não faltou carinho. Mas mesmo quando falhou, primeiro na barra fixa, depois na trave, Flávia foi muito aplaudida. "Eu só pensava: 'Não posso cair, tenho que me segurar!'. Meu técnico disse para eu ficar calma, para não chorar, porque erros acontecem", contou, referindo-se ao pequeno desequilíbrio na trave. Ela não caiu. E saiu sorrindo: "Eu me considero carismática, acho que porque eu sou assim, feliz. A torcida incentivou muito a gente, era como se eu estivesse na minha casa".

Na quarta, dia 15, Flavia volta ao Toronto Coliseum para disputar medalhas nas finais por aparelhos, no solo e na trave. Daniele já estará em ação nesta terça, na final de salto, e volta na quarta para a de solo. "Cumpri meu papel hoje. O que eu tinha que fazer era isso, me apresentar da melhor maneira possível", comentou Daniele, feliz com a medalha de Flavia: "Nossa equipe está muito unida. E eu já tinha dito ontem, após a final por equipes: esse Pan é dela, é da Flavia. Ela é uma pequena gigante".

Veja o vídeo:

 

Veja também:

>> Tangerina descascada do Carrefour gera debate nas Redes Sociais

>> "Golpe" começa a sair da agenda da oposição

>> Faustão chama de "babacas" quem criticou entrevista com Marieta Severo

>> Internauta revela equipamento de medição do Ibope que mantém em casa

>> Um dos rappers mais famosos do mundo diz que está falido e deve US$ 50 milhões

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
  •  
  •  
  •  comentário(s)
  •  
 
A Pequena Notável Flávia Saraiva conquista bronze e o coração dos canadenses - vídeo
 

Copyright 2017 - WebRadio Programa Conexão - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Go2web

Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!