• Ouça a Rádio
  • Galeria de Fotos
  • Vídeos
  • Facebook
  • Twitter
Conexão Jornalismo é o primeiro site do país a merecer o selo verde.
Planvale

Busca

 
Audiência na TV

Segunda-feira, 03 de Agosto de 2020

Felipe Neto critica Globo e CNN em entrevista na Globonews - vídeo
Audiência na TV

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook

Conexão TV

Quinta-feira, 06 de Agosto de 2020

Netflix: Rede de Ódio é um filme obrigatório nestes tempos

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
VER +

Galeria de Fotos

 
 

 
 

Comunidade

home > colunas > esportes > ufc

Esportes - UFC

 

Sábado, 04 de Junho de 2016

Odebrecht e OAS: Aécio aparece como beneficiário de 5% em propina

Da Redação

A hesitação do ministro do STF, Gilmar Mendes, em investigar o senador Aécio Neves se tornou ainda mais constrangedora por uma razão. Consta nas delações premiadas de representantes da Odebrecht e da OAS que o senador tucano e candidato derrotado nas últimas eleições presidenciais, Aécio Neves, teria recebido propina da ordem de 5% em obras realizadas pelas duas empresas. Aécio já está sendo investigado no Supremo por conta de suspeitas de envolvimento no chamado Mensalão Mineiro e ao escândalo de Furnas. Aécio, atual presidente nacional do PSDB, se disse deprimido com o envolvimento de seu nome nos escândalos.

No caso da Odebrecht, a delação aponta o envolvimento em pagamento de propina de 13 governadores e 36 senadores. Aécio será acusado de receber, por fora, recursos para a sua campanha presidencial de 2014.

"A Odebrecht também pagou por fora despesas da campanha presidencial dele, exatamente como fizera com Dilma", diz um advogado da empreiteira, em trecho da reportagem.

Em relação à OAS, as acusações são mais graves. Léo Pinheiro afirmou que o líder tucano levou 5% dos recursos da construção da Cidade Administrativa de Belo Horizonte, a nova sede do governo mineiro.

"A OAS formou um consórcio com Odebrecht e Queiroz Galvão para tocar um lote de obra. Segundo Pinheiro, a OAS pagou a Aécio Neves 5% do valor recebido pela obra. Disse que propina era entregue por um operador da empreiteira em dinheiro vivo a um intermediário do tucano", diz reportagem publicada pela Revista Veja desta semana.

A reportagem também aponta acusações contra o ex-presidente Lula, assessores da presidente Dilma Rousseff e integrantes do governo Michel Temer.

 

Veja também:

>> Por que esta fotografia veio parar aqui?

>> Prefeitura tapa buraco no asfalto que matou editor da Globo

>> Educação de filhos: suspenderam a chinelada, mas instituíram a troca da senha do wifi

>> Invento genuinamente brasileiro deveria ganhar prêmio. Repara só!!!

>> Goleiro do Corinthians é alvo de críticas após atacar vítimas de estupro e racismo

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
  •  
  •  
  •  comentário(s)
  •  
 
Odebrecht e OAS: Aécio aparece como beneficiário de 5% em propina
 

Copyright 2020 - WebRadio Programa Conexão - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Go2web

Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!