• Ouça a Rádio
  • Galeria de Fotos
  • Vídeos
  • Facebook
  • Twitter
Conexão Jornalismo é o primeiro site do país a merecer o selo verde.
Planvale

Busca

 

Conexão TV

Terça-feira, 20 de Junho de 2017

Viva Roda - Felipe Pena faz a roda do jornalismo girar para a esquerda - vídeo

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
VER +

Galeria de Fotos

 
 

 
 

Comunidade

home > colunas > futebol > sulamericana

Futebol - Sulamericana

 

Terça-feira, 29 de Novembro de 2016

Avião que transportava time da Chapecoense cai na Colômbia: 71 mortos

Da Redação

Aeronave se partiu em três partes
Aeronave se partiu em três partes
O avião que transportava o time da Chapecoense, que jogaria na próxima quarta-feira (30) uma das partidas finais contra da Sul-Americana contra o Atlético Nacional, na Colômbia, caiu próximo a Medellín. Ao todo havia 81 pessoas, entre passageiros e tripulantes. 76 pessoas morreram e cinco sobreviveram. Três jogadores, uma comissária e um jornalista estão entre os sobreviventes. Alan Ruschel, lateral esquerdo da equipe, e os goleiros Danilo e Jackson além da comissária Gimena Suarez foram resgatados com vida. Um jornalista de Chapecó que estava a bordo também sobreviveu.

A aeronave sobrevoava as cidades de La Ceja e Abejorral quando perdeu contato com a torre de controle do aeroporto José Maria Córdova. Não há informações sobre vítimas fatais. Segundo agências locais, seis pessoas já teriam sido resgatadas, sendo o primeiro identificado o lateral Alan Ruschel.

O goleiro Danilo está bem e já telefonou para a família no Brasil. O jogador Jackson também está bem. Há outros sobreviventes que ainda não foram identificados.

A Confederação Sul-Americana de futebol suspendeu a partida e outros torneios no continente pelas próximas horas.

Segundo o jornal La Marca, espanhol, pelo menos seis pessoas teriam sobrevivido. Não há confirmação da identidade de dois corpos localizados entre os destroços.


Equipe adversária, o Atlético Nacional divulgou nota lamentando o acidente: "Nacional lamenta profundamente, se solidariza com a Chapecoense pelo ocorrido e aguarda informações das autoridades".

As causas do acidente ainda são desconhecidas. Especula-se que teria sido problema elétrico. O piloto chegou a jogar fora o combustível para evitar uma eventual explosão na hora do pouso forçado.

ambulâncias seguiram ainda de madrugada para local do acidente
ambulâncias seguiram ainda de madrugada para local do acidente  



Uma das equipes de mais baixo orçamento do Campeonato Brasileiro de primeira divisão, a Chapecoense é considerada um fenômeno de gestão pelo seu bom desempenho frene a equipes mais tradicionais e de maior receita. Sua chegada à final da Sul-Americana foi considerado um feito inigualável. A euforia, na cidade, até a data da partida do avião para o jogo decisivo era total. Neste momento moradores e torcedores de Chapecó estão em estado de alerta.


 

Veja também:

>> Ricardo Noblat: colunista do Globo e sua obsessão pela primeira dama....

>> PM ameaça greve no Réveillon caso não recebe salário e décimo terceiro

>> Governo Temer é o mais degradado e degradante da história, diz Aldo Fornazieri

>> Temer morre de medo de cair, diz Helena Chagas

>> Moro veta perguntas "inapropriadas" de Cunha a Temer

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
  •  
  •  
  •  comentário(s)
  •  
 
Avião que transportava time da Chapecoense cai na Colômbia: 71 mortos
 

Copyright 2017 - WebRadio Programa Conexão - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Go2web

Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!