• Ouça a Rádio
  • Galeria de Fotos
  • Vídeos
  • Facebook
  • Twitter
Conexão Jornalismo é o primeiro site do país a merecer o selo verde.
Planvale

Busca

 

Conexão TV

Sexta-feira, 21 de Julho de 2017

A mosca que caiu na sopa do apresentador da Record - vídeo

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
VER +

Galeria de Fotos

 
 

 
 

Comunidade

home > colunas > futebol > copa do mundo

Futebol - Copa do Mundo

 

Quinta-feira, 07 de Abril de 2016

Dunga e Gilmar Rinaldi vão processar Romário

Da Redação

Uma entrevista concedida pelo senador Romário (PSB/RJ) a um jornal italiano irritou o treinador da seleção brasileira e seu principal auxiliar. Dunga e Gilmar Rinaldi decidiram processar o ex-colega de seleção por crimes de difamação e calúnia. O caso é mais um capítulo da CPI presidida pelo ex-craque da seleção brasileira que pretende levar para a prisão os dirigentes da CBF. Leia aqui.

O motivo da desavença foi a declaração de Romário ao jornal, segundo a qual Dunga só convocaria jogadores que pudessem, no futuro, render dividendos financeiros para seu auxiliar. Rinaldi, lembrou Romário, era empresário de atletas até a véspera de entrar na CBF. Para agravar a situação, na última partida do Brasil realizada em Porto Alegre, o grupo de atletas ficou hospedado em um hotel fazenda de propriedade do ex-zagueiro Lúcio, hoje também na seleção. Para Romário, haveria um grande esquema na CBF para que muitos possam se locupletar.

Além do processo criminal, a dupla também protocolou uma queixa-crime no Supremo Tribunal Federal (STF) alegando ofensas que não estariam protegidas pela imunidade parlamentar do político.

Segundo noticiou o Esporte Interativo, os advogados de Dunga e Gilmar disseram que as declarações de Romário não tem ligação com o objetivo da investigação na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Futebol, a qual ele preside. A assessoria do senador informou que o mesmo derá declarações sobre o caso na sessão da CPI na tarde desta quarta-feira (06).

O pedido é para que o Baxinho seja enquadrado no artigo 139 do Código Penal, que fala sobre difamação e, além de multa, prevê detenção de três meses a um ano. Gilmar também pede a condenação no artigo 140, sobre injúria e prevê reclusão de até seis meses.Ricardo Braga, advogado de Rinaldi e Dunga, falou sobre o caso."Estamos tomando medidas junto ao Conselho de Ética do Senado, com objetivo de apurar se houve quebra de decoro parlamentar.

Ele não pode usar o cargo dele para satisfazer pretensões pessoais, nesse caso a perseguição que há muito tempo pratica contra o Gilmar. É uma coisa conhecida, desde a época do Flamengo, foi noticiado pela imprensa. No STF há queixa-crime e há um entendimento já que o senador tem imunidade parlamentar em relação às suas manifestações, até mesmo criminais, mas têm de estar vinculado ao exercício do seu mandato. Não pode ser qualquer ato e manifestação ".

Informado da intenção dos dois ex-colegas da seleção, Romário não quis se pronunciar. Mas não mostrou qualquer sinal de preocupação.

 

Veja também:

>> Mais da metade dos lares brasileiros já contam com Internet

>> Homofobia: jovem é espancado por beijar namorado em lanchonete - vídeo

>> Chico Buarque e Lula convocam para manifestação no Rio na segunda

>> Senado aprova fim da multa de 10% do FGTS para demissão sem justa causa

>> Golpe é para reduzir direitos sociais, afirma juiz do Trabalho

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
  •  
  •  
  •  comentário(s)
  •  
 
Dunga e Gilmar Rinaldi vão processar Romário
 

Copyright 2017 - WebRadio Programa Conexão - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Go2web

Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!