• Ouça a Rádio
  • Galeria de Fotos
  • Vídeos
  • Facebook
  • Twitter
Conexão Jornalismo é o primeiro site do país a merecer o selo verde.
Planvale

Busca

 
Audiência na TV

Segunda-feira, 16 de Setembro de 2019

Ator vem a público dizer que está vivo
Audiência na TV

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook

Conexão TV

Segunda-feira, 16 de Setembro de 2019

Felipe Neto cancela participação em evento após anunciar ameaça de morte

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
VER +

Galeria de Fotos

 
 

 
 

Comunidade

home > colunas > futebol > carioca

Futebol - Carioca

 

Quarta-feira, 06 de Fevereiro de 2019

Ministro do Turismo cai, mas pode retornar após posse como deputado

Bolsonaro derruba o seu primeiro ministro
Bolsonaro derruba o seu primeiro ministro

Em meio a denúncias de corrupção, onde é acusado de ter usado nomes de laranjas para aumentar a verba de campanha entre os candidatos do PSL no diretório de Minas Gerais, o ministro do Turismo, foi removido do cargo. Mas pode retornar tão logo seja empossado deputado federal. O caso do ministro é especulado como o que pode representar a primeira queda de um integrante do primeiro escalão.



Álvaro Antônio não durou 40 dias no cargo e entrou na cota do PSL que reclamou que não tinha muita participação no primeiro escalão do governo. Outros nomes que integram o primeiro escalão do governo já se veem na corda bamba. É o caso do ministro da Educação, Ricardo Vélez Rodriguez, que irritou o governo quando declarou que o brasileiro é um "canibal" e ladrão ao estar em país estrangeiro, além de declarar que a universidade só deve servir á elite.

A ministra das Mulheres e Direitos Humanos, Damares Alves, é outra que já irritou o presidente por conta de declarações infelizes como a que determina as cores que as crianças devem usar e acusar pais holandeses de estimular sexualmente as crianças a partir dos sete meses. A notícia gerou conflito diplomático entre os dois países.

Outro caso problemático é de Eugênio Araújo O ministro das Relações Exteriores tem se revelado um atabalhoado ajudante do governo e algumas declarações já dão prejuízos ao país. Um exemplo foi a questão da transferência da embaixada do Brasil em Israel que deixariam Jerusalém e iria para Tel Aviv.

A ministra, que é pastora evangélica, é da cota das igrejas que apoiaram Bolsonaro nas eleições. Já os dois ministros são indicações do guru de Bolsonaro, o autoproclamado intelectual e filósofo, Olavo de Carvalho.

Corrupção



Foram mais de R$ 279 mil desviados do comando nacional do PSL, em 20 candidaturas Fake, todas com menos de mil votos cada, para deputado federal e estadual na cota de 30% de obrigatoriedade de candidaturas femininas. O fato demonstra como o PSL pensa a participação das mulheres na política.

 

Veja também:

>> Papa faz visita histórica à Península Arábica, berço do Islã

>> Bolsonaro reduz benefício da Previdência de idosos e de pessoas com deficiência

>> Deputada do blazer vermelho promete processar detratores da Internet

>> Soltas as buchas: STJ manda libertam engenheiros da Vale

>> Em artigo, Saturnino Braga traduz o sentimento geral diante do Brasil

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
  •  
  •  
  •  comentário(s)
  •  
 
Ministro do Turismo cai, mas pode retornar após posse como deputado
 

Copyright 2019 - WebRadio Programa Conexão - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Go2web

Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!