• Ouça a Rádio
  • Galeria de Fotos
  • Vídeos
  • Facebook
  • Twitter
Conexão Jornalismo é o primeiro site do país a merecer o selo verde.
Planvale

Busca

 
Audiência na TV

Sexta-feira, 03 de Abril de 2020

Gabriela Prioli terá programa no horário nobre da CNN Brasil
Audiência na TV

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook

Galeria de Fotos

 
 

 
 

Comunidade

home > colunas > futebol > carioca

Futebol - Carioca

 

Quarta-feira, 06 de Fevereiro de 2019

Fiocruz prevê surto de doenças na região de Brumadinho

surto de doenças: a tragédia não vai terminar tão cedo
surto de doenças: a tragédia não vai terminar tão cedo

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) elaborou estudo onde prevê um surto de doenças das mais variadas na região de Brumadinho e entorno. Tal estudo foi divulgado nesta terça-feira (5) e nele consta que doenças originárias do mosquito, como dengue e febre amarela, em consequência da quantidade de lama, serão epidêmicas. Outras enfermidades que preocupam são a esquistossomose e leptospirose, doenças respiratórias, problemas de hipertensão e transtornos mentais devem aparecer já nas próximas semanas.



O pesquisador Carlos Machado de Freitas, um dos responsáveis pelo levantamento, destacou o risco de aumento das doenças transmitidas por mosquitos vetores, como a dengue e febre amarela, e lembrou a experiência da ruptura de outra barragem da Vale pouco mais de três anos atrás, em Mariana.

"No caso de Barra Longa (MG) [cidade vizinha ao local do rompimento da barragem da Samarco, em 5 de novembro de 2015], depois de Mariana houve um aumento expressivo de mais de 3.000% de casos de dengue. A área de Brumadinho foi uma área de transmissão de febre amarela", pontuou.

Também devem surgir problemas respiratórios e de pele, principalmente a partir do momento em que a lama começar a secar; porque ela se transforma em poeira e a população passa a ter contato com ela.

Esses efeitos podem começar a ser sentidos já nas próximas semanas, mas alguns serão vistos apenas a longo prazo - como, por exemplo, a contaminação por chumbo, cádmio e mercúrio, que já foram identificados na lama.

Estudos sobre a tragédia ganham sala na Fiocruz



Com o propósito de instalar uma sala de situação em saúde para planejar ações de apoio a todos os afetados pelo rompimento da barragem de Brumadinho, em Minas Gerais, e coordenar as respostas dos serviços de saúde nesse contexto emergencial, a Fiocruz articulou uma reunião, no dia 28/1, com dirigentes, gestores e pesquisadores da Fiocruz no Rio de Janeiro e em Minas Gerais.

O encontro teve a presença da presidente da Fiocruz, Nísia Trindade Lima, que admitiu preocupação das unidades regionais com potenciais desastres envolvendo grandes empreendimentos. Ela ressaltou o papel da Fundação no planejamento e avaliação das ações em saúde diante desse contexto, bem como a necessidade de dar respostas à população.

As ações de apoio que a Fiocruz irá implementar foram subsidiadas pela força-tarefa organizada pela instituição na tragédia de Mariana, em 2015. O conjunto de propostas contemplam, além da capacitação em gestão de riscos, emergências e desastres em saúde, aprimoramento da vigilância, apoio na área da saúde mental e atenção psicossocial às vítimas, além de suporte ao campo da saúde do trabalhador.

A reunião também apontou outras iniciativas, como a necessidade de maior articulação com os movimentos sociais e comunitários da região, o aperfeiçoamento de mecanismos de classificação de riscos de barragens, licenciamento ambiental e fiscalização, e a realização de workshops, visitas técnicas às regiões afetadas e auxílio às secretarias de saúde (municipal e estadual).

 

Veja também:

>> Ministro do Turismo cai, mas pode retornar após posse como deputado

>> Papa faz visita histórica à Península Arábica, berço do Islã

>> Bolsonaro reduz benefício da Previdência de idosos e de pessoas com deficiência

>> Deputada do blazer vermelho promete processar detratores da Internet

>> Soltas as buchas: STJ manda libertam engenheiros da Vale

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
  •  
  •  
  •  comentário(s)
  •  
 
Fiocruz prevê surto de doenças na região de Brumadinho
 

Copyright 2020 - WebRadio Programa Conexão - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Go2web

Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!