• Ouça a Rádio
  • Galeria de Fotos
  • Vídeos
  • Facebook
  • Twitter
Conexão Jornalismo é o primeiro site do país a merecer o selo verde.
Planvale

Busca

 
Audiência na TV

Terça-feira, 22 de Setembro de 2020

Mignonnes: corra e assista no Netflix antes que Damares censure
Audiência na TV

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook

Conexão TV

Quarta-feira, 23 de Setembro de 2020

"Remédio Amargo": filme que lava a alma da mulher oprimida

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
VER +

Galeria de Fotos

 
 

 
 

Comunidade

home > colunas > futebol > brasileiro

Futebol - Brasileiro

 

Quinta-feira, 18 de Julho de 2013

Fã que contratou show da Wanessa Camargo pode perder casa dos pais para agiota

R7

Depois da festa, as contas chegaram! Endividado, o fã que contratou um show da cantora Wanessa Camargo em Taquaritinga, no interior de São Paulo, corre o risco de perder o único imóvel da família para um agiota.

Em uma entrevista exclusiva, o diretor de teatro Francelino Aparecido Fernandes, 27, conta que deu a escritura do imóvel onde moram o pai, pedreiro, e a mãe, doméstica aposentada, como garantia do pagamento do empréstimo de R$ 50 mil para bancar a apresentação.

O dinheiro arrecadado com a bilheteria "sumiu" e, com a repercussão do caso, o fã também perdeu o emprego. Nas imagens a seguir, especialistas apontam soluções para que a realização dos sonhos não deixe um rastro de pesadelos.

Lynno Fernandes recebeu a reportagem em sua casa, um imóvel alugado em Taquaritinga, cidade onde realizou o maior sonho de sua vida: contratou o show da Wanessa Camargo. A casa "hipotecada" dos pais fica em Minas Gerais, mas a escritura está em nome dele.

Sem dinheiro em caixa, Lynno achou que o espetáculo poderia se bancar com a bilheteria, mas levou uma rasteira. Ele conta como começou essa história:

- Sigo a Wanessa há 15 anos, fui a vários shows dela, mas queria um show para mim, na minha cidade. Uma noite sonhei com ela e acordei com a ideia fixa de contratá-la! Foi quando comecei a fazer as primeiras ligações.

Este é o exato momento em que Wanessa Camargo foi comunicada que Lynno Fernandes, como prefere ser chamado,
Este é o exato momento em que Wanessa Camargo foi comunicada que Lynno Fernandes, como prefere ser chamado,   
Lynno, então, procurou a equipe da cantora para começar a contratação. Recebeu os valores dos cachês e as datas disponíveis. Mesmo com agenda disponível para novembro deste ano, Lynno, ansioso, escolheu a data mais próxima: o último dia 8 de junho.

De acordo com especialistas, um show deve ser preparado com no mínimo seis meses de antecedência. Porém, Lynno fechou tudo em pouco mais de 30 dias. Para pagar o cachê da artista, teve uma ideia.

- Durante o processo, eu não tinha noção do que estava fazendo. Eu pensei que fosse fácil, que nem teatro. Não fiz planejamento e agora estou destruído, sem poder dormir.

Sem histórico financeiro para uma rápida concessão de crédito nos bancos, Lynno procurou um agiota para fazer um empréstimo. O contrato com a Wanessa exigia o pagamento de 50% do cachê imediatamente para reserva da data.

Animado, o diretor de teatro procurou os amigos para ajudar na organização. Em seguida, foi até um agiota. Para pegar o empréstimo de R$ 50 mil, deu a escritura do único imóvel da família, localizado no interior de Minas Gerais. Os pais de Lynno moram nesta casa.

A ideia era fazer um show comercial:

- Eu achei que a bilheteria pagaria o show. Eu pegaria o dinheiro, passaria para o agiota e tudo estaria resolvido. Mas não foi o que aconteceu.

Depois da conversa, o agiota chegou ao humilde endereço de Lynno com um pacote de dinheiro vivo. Lynno correu para o banco para pagar a metade do valor do cachê de Wanessa - que fez desconto para ele!

- Quando fiz o primeiro depósito percebi que tudo estava feito. Mas teve toda a logística do show que deu muito mais trabalho.

Além do cachê da Wanessa, Lynno teve que bancar todos os custos do show (veja panfleto de divulgação do show no destaque). E eles são muitos. Os valores gastos com aluguel do espaço da apresentação, documentos de vistoria, entre outros itens burocráticos foram maiores do que o cachê da cantora. Lynno estava se perdendo nas contas.

- Tive de reservar hotel para 12 pessoas (equipe do show), mais duas vans executivas, 50 seguranças (R$ 4.000 só em segurança; faixa de R$ 120 por cada profissional).

Fora o cachê, Lynno também foi surpreendido por ter de arcar com o gerador de energia do palco (veja no destaque), toda a estrutura de iluminação, ambulâncias, alvará para produção do show (R$ 4.000 ), além da vistoria do Corpo de Bombeiros (R$ 900). Ele não sabe detalhar todos os custos e mostra-se desesperado com as dívidas.

Com o passar dos dias, chegou a hora de pagar a segunda parcela do cachê da Wanessa. O dinheiro já estava acabando com as outras obrigações de produção do show.

- Eu teria de depositar a segunda parcela pra Wanessa até cinco dias antes do show, senão ela cancelaria. E eu não tinha todo o dinheiro. A equipe dela foi muito compreensiva e eu consegui depositar o dinheiro apenas 24 horas antes do show! Ufa!

Com o pagamento da segunda parcela, Lynno viu seu show confirmado, mas já não dormia mais. As vendas da bilheteria antecipada frustraram as expectativas, mas, no interior, achava-se que o público em massa compareceria no dia do show.

Poucas horas antes do grande momento da apresentação, Lynno via-se desesperado com as dívidas. Foi então que conversou com um amigo para ajuda-lo financeiramente. Os R$ 50 mil do empréstimo com o agiota já haviam acabado.

Auxiliar administrativo, o amigo de Lynno, Guilherme Ruteski, decidiu ajudar. Foi ao banco e pegou mais dinheiro emprestado, dessa vez em seu nome, para o amigo pagar a documentação ainda pendente da prefeitura. Ele detalha o valor:

- Peguei R$ 2.500 para ajudar o Lynno, porque o via desesperado. Também ajudei na organização e divulgação do show. Não me arrependo.

A notícia que um fã da Wanessa "hipotecou" a casa para contratar a cantora caiu como uma luva para os programas de fofocas. No dia do show, Lynno estava em meio a câmeras dando entrevista. Em nenhum momento disse que a casa dos pais havia sido hipotecada para bancar a festa.

No dia do show, realizado no Recinto Os Pampas (foto), Lynno soube que a bilheteria não havia bancado o investimento total:- Eu chorei o dia inteiro. No palco, as pessoas achavam que eu estava emocionado por causa da Wanessa, mas eu estava nervoso com as dívidas. Não dormi. Eu nem vi o show! Próxima
No dia do show, realizado no Recinto Os Pampas (foto), Lynno soube que a bilheteria não havia bancado o investimento total:

- Eu chorei o dia inteiro. No palco, as pessoas achavam que eu estava emocionado por causa da Wanessa, mas eu estava nervoso com as dívidas. Não dormi. Eu nem vi o show!

O show foi impecável, contam os amigos de Lynno! Muito profissional, Wanessa apresentou todo o seu caro espetáculo, com produção internacional, na cidade de Taquaritinga. Levou telões de Led que o pacote do contratante não bancava e renegociou prazos. Lynno, no fundo do palco, só chorava.

Lynno chorava porque sabia que não teria condições de pagar o agiota e o único imóvel da família estava na berlinda:

- O agiota me procurou poucas horas depois do show. Eu nem havia dormido. Conversamos, mas ele sabe que não tenho o dinheiro. A grana da bilheteria sumiu!
Sim, Lynno conta que confiou em algumas pessoas para administrar a grana da bilheteria, mas não sabe explicar como a ela despareceu:

- Me entregaram pouca grana. O dinheiro foi bem menor do que o número de pessoas que estava no show. Eu estava tão "fora do ar" que nem percebi.

A escritura original do imóvel em Minas Gerais está nas mãos do agiota, que pode convidar Lynno a qualquer momento para fazer a transferência em cartório. Como agiotagem é uma atividade ilegal no Brasil, o contrato seria como se Lynno estivesse vendendo a casa para ele.

Os pais de Lynno ainda não sabem que o imóvel corre risco e devem ser informados por esta reportagem. Quando questionado se a Prefeitura de Taquaritinga o poderia ajudar a fazer o evento, Lynno foi taxativo:

- Conversei muitas vezes com o secretário de cultura para trazer a Wanessa. Ele nunca trouxe, mas contratou o show do (cantor sertanejo) Daniel por R$ 300 mil! Muito mais caro! O povo tem cabeça pequena.

O coordenador do MBA de gestão financeira da FGV (Fundação Getulio Vargas) afirma que a agiotagem é caracterizada quando ocorre uma transação financeira comercial na qual há cobrança de juros no empréstimo sem o envolvimento de uma instituição financeira legalmente estabelecida:

- A agiotagem é crime! Essa prática era mais comum quando o acesso ao crédito foi mais difícil. Só não cresce no Brasil porque a fiscalização é elevada, mas ainda resiste no interior.

O especialista afirma que Lynno (aqui, com amigos no parque de Taquaritinga) sabe que o agiota não faz empréstimo de longo prazo e deve bancar a dívida:

- O prazo é cruel, gira em torno de 90 dias. Provavelmente, a casa do contratante deve valer mais que os R$ 50 mil de empréstimo. Agiota não faz negócio para perder.

Como a casa dos pais de Lynno é o único imóvel da família, pode ser que ele encontre uma brecha na Justiça para não perder o imóvel, mas ele teme por sua segurança, conta o diretor de teatro:

- O agiota me procurou e disse: "Você sabe o que acontece com quem não paga dívidas, não é!?"

Lynno continua em busca de uma solução para pagar as dívidas. Não só com o agiota, mas também com parte da equipe que produziu o show. A reportagem apurou que ele recebeu toda orientação do staff da Wanessa, que fez descontos depois de saber do caso. Valores não foram divulgados para não atrapalhar Wanessa em futuras negociações.

Lynno realizou seu sonho, mas deixou um rastro de pesadelos pela falta de planejamento e estruturação dos recursos e - apesar do olhar perdido e preocupado - parece estar feliz com a realização. Questionado se faria tudo de novo, ele respondeu imediatamente:

- Foi um sonho louco, mas um sonho! Contrataria a Wanessa de novo ainda hoje!

 

Veja também:

>> Audiência de "A Liga" com caso Daleste encosta na Globo

>> Traje especial deixa surfistas invisíveis a tubarões

>> Britânica inventa 'câmera que capta cheiros'

>> Degustar às cegas é ver a luz de um vinho - Ouça a entrevista

>> Rio: Manifestação na casa de Cabral se transformou em quebradeira e conflito com a polícia

>> "Não haverá paz para os políticos"

>> Internado, Mandela completa 95 anos em hospital de Pretória

>> Nova espécie de dinossauro 'narigudo' é descoberta nos EUA

>> 25 crianças morrem por intoxicação alimentar na índia

>> Vazamento de petróleo no norte do Chipre ameaça vida selvagem

>> Polícia Civil faz reconstituição da morte de MC Daleste

>> Com 1 veto, Dilma sanciona nova distribuição de fundo dos estados

>> Devido aos conflitos, Cabral convoca reunião de emergência

>> Surto de diarreia atinge 25 municípios de AL e registra 45 mortes neste ano

>> Veja os vídeos com as manifestações no Leblon, no Rio - Só a Pizzaria Guanabara não fechou

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
  •  
  •  
  •  comentário(s)
  •  
 
Fã que contratou show da Wanessa Camargo pode perder casa dos pais para agiota
 

Copyright 2020 - WebRadio Programa Conexão - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Go2web

Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!