• Ouça a Rádio
  • Galeria de Fotos
  • Vídeos
  • Facebook
  • Twitter
Conexão Jornalismo é o primeiro site do país a merecer o selo verde.
Planvale

Busca

 
Audiência na TV

Sábado, 15 de Dezembro de 2018

Castrinho é acusado de abuso sexual por Iris Bruzzi. Ele nega
Audiência na TV

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook

Conexão TV

Quarta-feira, 05 de Dezembro de 2018

Após massacre ao cão, Masterchef omite nome do Carrefour do programa

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
VER +

Galeria de Fotos

 
 

 
 

Comunidade

home > colunas > futebol > brasileiro

Futebol - Brasileiro

 

Quinta-feira, 18 de Janeiro de 2018

A juíza que silenciou Moro não concede entrevista

A juíza que segue a lei. Estranho, né?
A juíza que segue a lei. Estranho, né?


Luciana é o nome da juíza que mostrou ao país e ao mundo que o triplex do Guarujá, que serviu para Moro condenar o ex-presidente Lula, jamais foi do ex-presidente. Luciana, como juíza, é bem diferente dos seus pares. Ela é avessa a entrevista. Portanto, a magistrada faz o que se espera de um juiz: discrição. Enquanto alguns posam em capas de revistas e outros com fuzil na mão, o charme de Luciana está no apego ao ofício.



O artigo é de Kiko Nogueira, do DCM

A juíza Luciana, de Brasília, não dá entrevistas - e isso é uma boa notícia

por Kiko Nogueira


O DCM quer entrevistar a juíza Luciana Corrêa Tôrres de Oliveira, da 2ª Vara de Execução e Títulos do Distrito Federal.

Em dezembro, ela determinou a penhora do apartamento 164-A do Condomínio Solaris, o famoso triplex do Guarujá, para garantir o pagamento de uma dívida da OAS.

A decisão reforça que o imóvel investigado pela Lava Jato é da empreiteira, e não de Lula.

Foi uma decisão técnica, observando o lei: a propriedade está registrada no nome da empresa em cartório e por isso está sendo penhorado.

Por um lado, ficamos devendo a você um perfil de Luciana.

Por outro, estamos aliviados de saber que ainda há juízes em Berlim.

Aqueles que respeitam o decoro, a discrição, o silêncio - e a lei orgânica da magistratura, que veda "manifestar, por qualquer meio de comunicação, opinião sobre processo pendente de julgamento".

Na era dos Moros, Gilmares, Barbosas (que Deus o tenha) e papagaios, é digno de elogios que alguém leve isso a sério.
Abaixo, a resposta da assessoria de imprensa do TJDFT:

Prezado Kiko,

A entrevista não será possível. Os magistrados se manifestam através de suas decisões no processo e eles são proibidos, por lei, de emitir qualquer declaração, por qualquer meio de comunicação, sobre processo que esteja julgando ou que esteja sendo julgado por outro magistrado, sob pena de sofrerem penas disciplinares, nos termos do artigos 36 da LOMAN OU LEI ORGÂNICA DA MAGISTRATURA NACIONAL.

LEI COMPLEMENTAR Nº 35, DE 14 DE MARÇO DE 1979

Art. 36 - É vedado ao magistrado:

I - exercer o comércio ou participar de sociedade comercial, inclusive de economia mista, exceto como acionista ou quotista;

II - exercer cargo de direção ou técnico de sociedade civil, associação ou fundação, de qualquer natureza ou finalidade, salvo de associação de classe, e sem remuneração;

III - manifestar, por qualquer meio de comunicação, opinião sobre processo pendente de julgamento, seu ou de outrem, ou juízo depreciativo sobre despachos, votos ou sentenças, de órgãos judiciais, ressalvada a crítica nos autos e em obras técnicas ou no exercício do magistério.

 

Veja também:

>> "Mas mulher também assedia sim"

>> A família fez onde 13 filhos viviam em cárcere privado

>> Pressão sobre TRF4 é legítima e urgente

>> Marcia Tiburi: Desde o golpe, País está num abismo e não há mais democracia

>> Dia Internacional da Mulher será dia de luta

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
  •  
  •  
  •  comentário(s)
  •  
 
A juíza que silenciou Moro não concede entrevista
 

Copyright 2018 - WebRadio Programa Conexão - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Go2web

Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!