• Ouça a Rádio
  • Galeria de Fotos
  • Vídeos
  • Facebook
  • Twitter
Conexão Jornalismo é o primeiro site do país a merecer o selo verde.
Planvale

Busca

 

Conexão TV

Sexta-feira, 21 de Julho de 2017

A mosca que caiu na sopa do apresentador da Record - vídeo

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
VER +

Galeria de Fotos

 
 

 
 

Comunidade

home > colunas > esportes > fórmula 1

Esportes - Fórmula 1

 

Segunda-feira, 18 de Maio de 2015

Fortuna de Schumacher se esvai e patrocinadores se afastam da família

Da Redação

A vitalidade e o charme do heptacampeão
A vitalidade e o charme do heptacampeão
Enquanto saudável, o piloto de Fórmula 1, Michael Schumacher, vivia cercado de amigos e patrocinadores. Sua imagem era associada a conquistas e sucesso. Depois do acidente do qual foi vítima em 2013, quando esquiava na companhia da família, tudo mudou. Em coma profundo, ele é mantido vivo por conta de um tratamento milionário bancado pelos parentes. Além disso, sua fortuna, acumulada em mais de uma década de grandes prêmios e muita dedicação, se esvai. A família vê a saúde financeira agonizar. Saiba mais.

Por causa do grave acidente sofrido em 2013, o ex-piloto Michael Schumacher, heptacampeão mundial de Fórmula 1, perdeu cerca de R$ 16 milhões em receitas anuais. Alguns médicos de Michael Schumacher chegaram até a jogar a toalha em relação à sua recuperação. E dois patrocinadores desistiram de investir na imagem do alemão que sofreu uma acidente quando esquiava na neve há dois anos.

Jornais ingleses afirmam que as empresas de moda Navyboot e Jet Set cortaram as relações comerciais com a família do piloto. Ele teve graves ferimentos na cabeça após sofrer um acidente enquanto esquiava com a a família nos Alpes franceses, em dezembro de 2013.

A Mercedes e a empresa de gestão de riqueza DVAG garantem que continuarão com os contratos com o ex-piloto que, após meses no Hospital de Vaud, em Lausanne, foi transferido, em setembro, para sua casa em Gland, Suíça, para seguir com o tratamento.

No hospital, logo após ser socorrido.
No hospital, logo após ser socorrido.  


Mas, para a família do ex-piloto, a esperança ainda permanece enquanto ele respira. . Os parentes do maior campeão de F1 de todos os tempos, com sete títulos mundiais, já investiram cerca de R$ 50 milhões para manter o alemão vivo e em casa.

Schumacher deixou o hospital em setembro, quando recebeu alta e pôde continuar o tratamento ao lado da família. Só para a mudança, a família já desembolsou cerca de R$ 40 milhões para transformar a mansão dele em uma verdadeira UTI (Unidade de Terapia Intensiva).

 

Veja também:

>> Cariocas decepcionam no início do Campeonato Brasileiro

>> Apartamentos explodem em São Conrado, no Rio, devido a vazamento de gás - vídeo

>> Dilma abre série de diálogos com formadores de opinião. Jô é o primeiro

>> Encontro na OAB discute mandado de cinco anos para governadores e prefeitos

>> Servidora lotada no gabinete de Ronaldo Caiado cuida de fazendas particulares

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
  •  
  •  
  •  comentário(s)
  •  
 
Fortuna de Schumacher se esvai e patrocinadores se afastam da família
 

Copyright 2017 - WebRadio Programa Conexão - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Go2web

Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!