• Ouça a Rádio
  • Galeria de Fotos
  • Vídeos
  • Facebook
  • Twitter
Conexão Jornalismo é o primeiro site do país a merecer o selo verde.
Planvale

Busca

 

Conexão TV

Terça-feira, 23 de Maio de 2017

Ayres Brito vê brecha constitucional para eleições diretas - vídeo

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
VER +

Galeria de Fotos

 
 

 
 

Comunidade

home > colunas > esportes > fórmula 1

Esportes - Fórmula 1

 

Segunda-feira, 20 de Julho de 2015

Apos 9 meses em coma, morre o piloto de Fórmula 1 Jules Bianchi - vídeos

Da Redação com agências

Em outubro de 2014, carro do piloto acabou destroçado, embaixo de um guindaste
Em outubro de 2014, carro do piloto acabou destroçado, embaixo de um guindaste
O corredor francês havia sofrido um gravíssimo acidente no Grande Prêmio do Japão, em outubro do ano passado. As imagens exclusivas foram registradas por um homem que assistia à corrida das arquibancadas.

O carro de Bianchi saiu da pista em alta velocidade e atingiu um trator-guindaste que retirava outro carro acidentado. O piloto tinha 25 anos e foi o primeiro a morrer na Fórmula 1 desde o acidente com Ayrton Senna, em 1994.

Leia a reportagem e veja as imagens do acidente (mais abaixo, um vídeo publicado na web em homenagem a Jules Bianchi):



O cinegrafista amador era o único a filmar a retirada do outro carro pelo guindaste quando registrou as imagens do acidente com Jules Bianchi. Ele estava a 200 km/h no momento da colisão.

Nesta segunda-feira, a família do piloto usou as redes sociais para dar a triste notícia: Bianchi não resistiu mais, após nove meses de internação e muitas cirurgias. Foi a primeira morte na Fórmula 1 desde 1994, quando o brasileiro Ayrton Senna não resistiu à forte batida contra uma mureta de Ímola, na Itália.

"Jules lutou até o fim, como ele sempre tem feito, mas sua batalha terminou", trouxe o comunicado, assinado por seus pais, Phillipe e Christine, e pelos irmãos Tom e Mélanie. "Sentimos, é uma pena enorme e indescritível. Queremos agradecer à equipe médica, que o tratou com amor e dedicação".

Bianchi faleceu no Centro Hospitalar Universitário de Nice (França), onde estava internado desde 2014. Ele sofreu o acidente no Grande Prêmio do Japão, em Suzuka, no dia 5 de outubro do ano passado. Desde então estava em coma e com poucas chances de sobreviver.

A família de Bianchi agradeceu também aos médicos que prestaram os primeiros socorros, ainda no Japão, onde Bianchi passou dois meses internado até a transferência para a França, e também aos amigos e fãs do piloto.

"Gostaríamos de agradecer aos colegas de Jules, seus amigos, seus fãs e a todos os que lhe provaram sua afeição durante este período. Eles nos deram a força necessária para resistir nestes momentos terríveis", acrescentou a família. "Agora, pedimos que respeitem a nossa privacidade durante estas horas muito difíceis, nas quais estamos tentando lidar com a perda de Jules".

 

Veja também:

>> Escritor cubano reage a repórter da Veja: "Há mais miseráveis em uma rua em SP do que em Cuba!"

>> Saudação nazista de Elizabeth 2ª gera polêmica na Grã-Bretanha - veja o vídeo

>> "Ensina-me a viver" deixa a Barra e enleva Arlindo Lopes

>> Arqueóloga denuncia abandono do Parque Nacional da Serra da Capivara - vídeos

>> Folha vai processar repórter que escreveu "Chupa Folha!" na sua última matéria

>> Thiago Pereira é o Rei dos Pans: 23 medalhas

>> Tubarão ataca sufista em circuito mundial durante transmissão ao vivo - Vídeo

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
  •  
  •  
  •  comentário(s)
  •  
 
Apos 9 meses em coma, morre o piloto de Fórmula 1 Jules Bianchi - vídeos
 

Copyright 2017 - WebRadio Programa Conexão - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Go2web

Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!