• Ouça a Rádio
  • Galeria de Fotos
  • Vídeos
  • Facebook
  • Twitter
Conexão Jornalismo é o primeiro site do país a merecer o selo verde.
Planvale

Busca

 
Audiência na TV

Sexta-feira, 28 de Abril de 2017

Greve Geral, na Globo, vira "paralisação"
Audiência na TV

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook

Conexão TV

Terça-feira, 25 de Abril de 2017

Atletiba exclui Globo da transmissão da final do Paranaense

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
VER +

Galeria de Fotos

 
 

 
 

Comunidade

home > colunas > educação

Educação

 

Quinta-feira, 20 de Abril de 2017

Professor da Uerj usa o metrô como palco para denunciar mazelas da Educação do Rio - vídeo

Da Redação

Professor desde 1975 e há 22 anos na Uerj, José Antonio Novaes utilizou os vagões do metrô para falar com a população sobre o sucateamento que a Universidade enfrenta hoje. Esta não foi a primeira iniciativa neste sentido. Há dias outra professora fez o mesmo roteiro ajudando a chamar a atenção da população para o abandono de um dos setores vitais do desenvolvimento de um país: a Educação. Nas suas palavras, aplaudida no final do seu manifesto improvisado, José Antonio falou: "A UERJ não está tendo aula não por culpa dos professores, mas porque hoje eles simplesmente não conseguem trabalhar". Apesar dos ataques, a #UerjResiste!






Ex-aluno de José Antonio, Dandriel Henrique revelou sua surpresa ao ver seu mestre assumindo esta postura pró-ativa em favor da Educação e do Estado do Rio de Janeiro. Eis o seu post:

Dandriel Henrique

18 de abril às 23:18 ·

DENUNCIAS SOBRE A CRISE DA UERJ E O (DES)GOVERNO QUE VIVEMOS!

Seguia eu distraído lendo, indo para a faculdade. (...) até que me deparo com o Professor José Antonio Novaes, que leciona há 22 anos na Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) (...) desmentindo os boatos de greve na UERJ, denunciando as péssimas condições de funcionamento do prédio, os atrasos nos salários dos docentes e das bolsas dos estudantes que delas dependem (...). Aponta também sobre o retrocessos históricos que nossos (Des)governos (tanto o do estado do RJ quanto o do nosso país), vem "jogando" sobre o povo.


Faltam professores em diversas disciplinas, revela Omar Costa

Professor e colaborador de Conexão Jornalismo, Omar Costa denuncia que há enorme carência de profissionais de Educação em salas de aula.

Por Omar Costa:

No meio do mês de Abril ( 2º mês do início do ano letivo ) e as escolas continuam sem professores de diversas disciplinas nas turmas. Como exemplos : Turmas do 3º ano do Ensino Médio sem professores de Matemática, como é o caso do CIEP 244 Oswaldo Aranha (em Realengo - Metro IV), e CAIC Tiradentes sem professor de Física ( Gamboa - Metro VI), etc.

Me espanta que as mídias não se interessam pelo tema e nem mesmo os responsáveis pelos alunos - que deveriam cobrar ao M.P providências junto ao estado. Afinal, eles devem ou deveriam saber, que o ENEM se aproxima e oa alunos do 3º ano da rede estadual estão sendo prejudicados pelo Estado e pela gestão incompetente da secretaria estadual de educação.

Entretanto, isso parece importar a ninguém. Afinal, em meio a tantas mazelas, eles deveriam pensar educação pra que?
LAMENTÁVEL!

Mais sobre esse caos em :
Observações da Educação Pública

 

Veja também:

>> Vida de taxista: do Ceará ao Rio, uma viagem de 40 anos de José Esteves

>> Suicídio: terror escondido no controverso jogo Baleia Azul

>> Papa disse meia verdade a Michel Temer

>> Religiosos não praticantes são os que mais temem a morte, revela pesquisa

>> Quando o "maior escândalo de corrupção do país" é apenas uma xerox

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
  •  
  •  
  •  comentário(s)
  •  
 
Professor da Uerj usa o metrô como palco para denunciar mazelas da Educação do Rio - vídeo
 

Copyright 2017 - WebRadio Programa Conexão - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Go2web

Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!