• Ouça a Rádio
  • Galeria de Fotos
  • Vídeos
  • Facebook
  • Twitter
Conexão Jornalismo é o primeiro site do país a merecer o selo verde.
Planvale

Busca

 
Audiência na TV

Segunda-feira, 22 de Maio de 2017

Monica Iozzi condenada a indenizar Gilmar Mendes
Audiência na TV

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook

Conexão TV

Terça-feira, 23 de Maio de 2017

Ayres Brito vê brecha constitucional para eleições diretas - vídeo

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
VER +

Galeria de Fotos

 
 

 
 

Comunidade

home > colunas > educação

Educação

 

Terça-feira, 04 de Abril de 2017

O poeta estudante da Penha que declama o direito de sobreviver à violência

Por Fábio Lau

O poeta Vinícius cantava que é melhor ser alegre que ser triste. Este texto de aluno de área de risco na Penha despertou em mim as duas sensações. Ver surgir poesia em situação assim, de guerra aberta e não declarada, é um bálsamo para a alma. Ver, através da poesia, algo assim, é um tiro em cada um de nós que dorme o sonho dos anjos e esquece deste jovem cidadão que se inspira em Gonçalves Dias para reclamar o direito de continuar vivendo.

ver mais >>

Terça-feira, 04 de Abril de 2017

Crivella propõe blindar escolas e é criticado pela velha mídia

Por Fábio Lau

Meninos de creche na Favela da Maré ensaiam escapar das balas
Meninos de creche na Favela da Maré ensaiam escapar das balas

A morte de Maria Eduarda, de 13 anos, uma jovem que praticava esportes, colecionava medalhas e lutava para mudar sua vida e de seus pais, atacada a tiros, tende a cair no esquecimento. E a razão é simples: mais uma vez fatores políticos se sobrepõem a necessidade do cidadão. Diante do que é possível fazer, o prefeito Marcelo Crivella propôs blindar escolas em áreas de risco - o lugar onde Maria Eduarda foi atingida a tiros é um dos mais perigosos do Rio. Eis que agora "especialistas" passa a criticar a medida.

ver mais >>

Segunda-feira, 03 de Abril de 2017

O raro gesto de coragem de César Benjamin, o secretário de Educação do Rio

Por Fábio Lau

Enfrentar a política de repressão a qualquer custo e em qualquer lugar
Enfrentar a política de repressão a qualquer custo e em qualquer lugar

Admiro ações corajosas partidas de homens públicos - por raras que são. Cesar Benjamin deu um salto hoje ao enfrentar publicamente a PM e criticar a prática de operações no entorno de escolas, durante período escolar, expondo milhares ao risco - como aconteceu com Maria Eduarda, em Acari. E foi além: antecipou aquilo que todos sabemos - os tiros (quatro) partiram da arma do policial. Vejo debate em torno da morte de dois criminosos que estavam no cenário do crime, mas não vi crítica a ação criminosa da PM. Para fazê-lo tem que ter culhão. César Benjamin teve!

ver mais >>

Domingo, 02 de Abril de 2017

Ditadura é assim: estudante denuncia cobrança na escola e é preso - vídeo

Da Redação

Henrique Domingues: prisão
Henrique Domingues: prisão

Na ditadura é assim. Denunciar, acusar aqueles que acreditam ser os dirigentes de uma nova ordem, mesmo sendo ela tomada e forjada na ilegitimidade, em geral é punido com prisão, agressão ou, quando não, crimes ainda mais bárbaros. O caso do jovem Henrique Domingues é próprio. Ele denunciou cobrança considerada indevida e acabou sendo preso.

ver mais >>

Quinta-feira, 30 de Março de 2017

A formatura e o resgate de 30 anos do Brasil e do jornalismo: Por Gilson Caroni Filho

Gilson Caroni: o desafio de reinventar a profissão
Gilson Caroni: o desafio de reinventar a profissão

Paraninfo de mais uma geração de jornalistas formados pela Facha, o professor Gilson Caroni Filho entregou algo além de esperança e canudos aos formandos. Em um discurso onde lembrou os anseios da geração de 1987 e comparou com a atual, forjada em um aparato tecnológico inimaginável 30 anos atrás, Caroni deu a cada estudante uma missão: reinventar o jornalismo.

ver mais >>

Terça-feira, 28 de Março de 2017

Justiça do Rio proíbe Pezão de reduzir salário de professores

Da Redação

A ameaça de aumentar ainda mais o sofrimento e a angústia de professores e demais funcionários da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj) foi provisoriamente estancada. A justiça do Rio proibiu o governador Luiz Fernando Pezão de cumprir a promessa de cortar em 30% o salário de professores a título de colocar em dia as dívidas com fornecedores para por fim a paralisação que já dura meio ano. Esta fotografia é de fato a melhor sugestão a oferecer ao governador. E por que ele não faz?

ver mais >>

Pág. atual: 2/117
 
 

Copyright 2017 - WebRadio Programa Conexão - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Go2web

Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!