• Ouça a Rádio
  • Galeria de Fotos
  • Vídeos
  • Facebook
  • Twitter
Conexão Jornalismo é o primeiro site do país a merecer o selo verde.
Planvale

Busca

 

Conexão TV

Sexta-feira, 21 de Julho de 2017

A mosca que caiu na sopa do apresentador da Record - vídeo

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
VER +

Galeria de Fotos

 
 

 
 

Comunidade

home > colunas > educação

Educação

 

Sexta-feira, 07 de Abril de 2017

Educação: abril chega e Estado do Rio segue sem professores

Da Redação

Escolas sem professores e alunos: desprezo pela Educação
Escolas sem professores e alunos: desprezo pela Educação

O professor e ativista da Educação, Omar Costa, colaborador de Conexão Jornalismo, nos traz mais uma grave denúncia que revela o descaso do governo do Estado com a Educação. Um dos estados onde o negligenciamento do serviço é mais aviltante, e por isso conta com elevado número de abandono de estudantes no ensino médio, o Estado do Rio caminha assim, a passos largos, para o abismo. Sem Eduação, é sabido, prosperam a violência e a insegurança.



Leia aqui o artigo do professor Omar Costa


Abril Chegou e as Escolas Estaduais do RJ Sem Professores




Wagner Victer, como fica o ENEM p/ os alunos?
Por que não convoca os docentes aprovados nos concursos públicos?
O DESgoverno Pezão Mantém o DESprezo pela Educação Pública.

"Escola democrática é aquela em que seus participantes estão coletivamente organizados e compromissados com a promoção de educação de qualidade para todos". ( Luck, 2009, p.59 )

Dito isso, podemos afirmar que o estado através da secretaria estadual de educação estadual - SEEDUC não oferece aos seus participantes escolas democráticas, pois já estamos no mês de Abril ( 2º mês do início do ano letivo ) e as escolas continuam sem professores de diversas disciplinas nas turmas. Como exemplos : Turmas do 3º ano do ensino médio sem professores de Matemática, como é o caso do CIEP 244 Oswaldo Aranha (em Realengo - Metro IV), e CAIC Tiradentes sem professor de Física ( Gamboa - Metro VI), etc...

Outros fatores determinantes para o comprometimento da qualidade do ensino são :
No estado o atual secretário Wagner Victer, fechou mais escolas, turnos e turmas, argumentando que seriam feitas otimizações, mas até agora o que temos visto é o caos nas escolas estaduais, são turmas super-lotadas, o que compromete o binômio ensino / aprendizagem, mas isso não incomoda esse pessoal do DESgoverno do PMDB no RJ.

Servidores com salários dignos e em dia, e isso não acontece, temos uma perda acumulada superior a 100% , e estamos com o mesmo parco salário desde Julho de 2014. Dessa forma o docente tem que se virar em várias escolas, aulas particulares, e isso compromete os planejamentos das aulas.


Outro ABSURDO do DEsgoverno Pezão na Educação Pública Estadual.


Por que Contratar Professores Temporários, quando há docentes Aprovados em Concurso aguardando serem convocados?

Resposta: Contratar os peixes e cabos eleitorais dos amigos dos DESgovernos Cabral/Pezão.


Existem 923 professores concursados à espera de convocação, a Secretaria de Educação do Estado do Rio (Seeduc) teve o aval do Governo do Estado para contratar até 525 professores temporários para o ano letivo de 2017. A decisão foi publicada no Diário Oficial do Estado da última segunda-feira, em decreto do governador Luiz Fernando Pezão.

O impasse entre os profissionais concursados e o Estado se arrasta desde o ano passado, quando os profissionais chegaram a passar por todo o processo de admissão, como a realização de exames, entrega de documentos e até abertura de contas, mas não foram contratados. Na primeira quinzena de março, a Comissão de Educação da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) solicitou à Seeduc um calendário com a previsão de nomeação dos 923 professores aprovados nos últimos concursos, e que ainda aguardam admissão. O pedido foi realizado durante audiência pública. Porém, o prazo para que a Seeduc apresentasse as datas venceu no dia 30 de março e a secretaria não cumpriu o calendário.

De acordo com Seeduc, em 2017 não há professores contratados temporariamente no quadro das escolas estaduais do Rio. Questionada pelo EXTRA sobre a admissão dos concursados, a pasta respondeu apenas que "não há previsão, pois a secretaria está concluindo a alocação de professores no quadro de horários após o replanejamento da rede, que foi amplamente debatido em audiências públicas na Assembleia Legislativa".

 

Veja também:

>> Material apócrifo chama hóstia de "pão do mal" e irrita católicos

>> Bolsonaro na Hebraica mostra o racha irreconciliável entre ser de esquerda e sionista

>> Moro e a unanimidade relativa: vítimas de "abuso" falam em criar associação

>> Após ataque americano, Rússia vai ajudar a proteger espaço aéreo sírio: 10 mortos

>> 50 anos depois Lady Francisco revela ter sido estuprada por diretor da Globo

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
  •  
  •  
  •  comentário(s)
  •  
 
Educação: abril chega e Estado do Rio segue sem professores
 

Copyright 2017 - WebRadio Programa Conexão - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Go2web

Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!