• Ouça a Rádio
  • Galeria de Fotos
  • Vídeos
  • Facebook
  • Twitter
Conexão Jornalismo é o primeiro site do país a merecer o selo verde.
Planvale

Busca

 
Audiência na TV

Terça-feira, 30 de Novembro de 2021

Jornalista é demitida da Globo devido ao "alto salário"
Audiência na TV

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook

Conexão TV

Segunda-feira, 22 de Novembro de 2021

Gilberto Gil revela ter sido alvo de racismo em colégio católico

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
VER +

Galeria de Fotos

 
 

 
 

Comunidade

home > colunas > cultura > tecnologia

Cultura - Tecnologia

 

Terça-feira, 16 de Julho de 2019

Dallagnol: férias no Beach Park em troca de palestras e favores

Imagem do Youtube

Dallagnol: passeio ao Beach Park com a família - youtube
Dallagnol: passeio ao Beach Park com a família - youtube

Do Blog do Esmael

O mundo lucrativo do procurador Deltan Dallagnol caiu com a revelação pela Folha e Intercpet, neste domingo (14), de que ele planejava lucrar alto - "400k" (quatrocentos mil reais)- com a fama obtida na Lava Jato. A reportagem mostrou o modus operandi da força-tarefa em relação às palestras e cursos, mas ganhará mais dramaticidade quando chegar às delações premiadas.


Quando a coalizão formada pelo Intercept, Folha e Veja dar início ao descortinamento das delações premiadas fará sentido uma velha máxima do chanceler alemão Otto von Bismarck segundo a qual [adaptada aos tempos de Lava Jato] "as delações premiadas são como salsichas. É melhor não ver como elas são feitas".

No caso específico das negociações premiadas, os brasileiros têm direito e interesse de saber como funciona essa indústria da delação premiada.

O Intercept afirma que têm textos, fotos, áudios e vídeos que atestam a veracidade de todas as mensagens vazadas pelo site do jornalista Glenn Greenwald, Aliás, todo o material foi aferido pelo espanhol EL PAÍS.

Beach Park



Vale lembrar que Dallagnol chegou a negociar gozar férias no Beach Park, em Fortaleza, em troca de palestras. Ele discutiu o assunto num diálogo com a mulher obtido pelo The Intercept Brasil e analisado pelo site e pela Folha. "Posso pegar [a data de] 20/7 e condicionar ao pagamento de hotel e de passagens pra todos nós", disse Dallagnol a ela.

Um mês depois, o procurador fez propaganda da Fiec para convencer o então juiz Sergio Moro a aceitar um convite da entidade.

"Eu pedi pra pagarem passagens pra mim e família e estadia no Beach Park. As crianças adoraram", disse Dallagnol. "Além disso, eles pagaram um valor significativo, perto de uns 30k [R$ 30 mil]. Fica para você avaliar."

 

Veja também:

>> Morre o jornalista Rogério Daflon, 55 anos

>> Mulher empurra e tenta matar padre Marcelo Rossi durante culto - vídeo

>> As ciclovias cariocas e a luta dos insensatos

>> Blog do Berta: Witzel contrata sem licitação ONG acusada de irregularidades

>> O "deus" mercado só existe para quem tem fé - no mercado

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
  •  
  •  
  •  comentário(s)
  •  
 
Dallagnol: férias no Beach Park em troca de palestras e favores
 

Copyright 2021 - WebRadio Programa Conexão - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Go2web

Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!