• Ouça a Rádio
  • Galeria de Fotos
  • Vídeos
  • Facebook
  • Twitter
Conexão Jornalismo é o primeiro site do país a merecer o selo verde.
Planvale

Busca

 
Audiência na TV

Sexta-feira, 03 de Abril de 2020

Gabriela Prioli terá programa no horário nobre da CNN Brasil
Audiência na TV

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook

Galeria de Fotos

 
 

 
 

Comunidade

home > colunas > cultura > novas mídias

Cultura - Novas Mídias

 

Sexta-feira, 15 de Maio de 2015

Jandira ingressa com representação no STF contra agressão - vídeo

Da Redação

A violência imposta de maneira física e verbal por dois parlamentares contra a deputada federal Jandira Feghali (PCdoB/RJ) há uma semana não ficou barata. Ela entrou nesta quinta-feira com uma dupla representação no STF contra os deputados Alberto Fraga (DEM/DF) e Roberto Freire (PPS/PE). Enquanto o segundo segurou violentamente seu braço e a empurrou, o primeiro disse que a parlamentar deveria "apanhar como um homem" porque ela discursaria da tribuna "como um homem" - fazendo ataques políticos a parlamentares.

A líder da bancada do PCdoB na Câmara dos Deputados, Jandira Feghali (RJ), ingressou nesta quinta-feira (14) com ação penal por ameaça no Supremo Tribunal Federal contra o parlamentar Alberto Fraga (DEM/DF). A comunista também apresentou duas representações no Conselho de Ética da Câmara contra Fraga e o deputado Roberto Freire (PPS/SP).

Na semana passada, Jandira foi alvo de duas agressões por parte dos acusados. Durante votação da Medida Provisória 665 na Câmara, ao defender o deputado Orlando Silva (PCdoB/SP), acabou tendo o braço segurado e torcido pelo parlamentar do PPS. Logo em seguida, o deputado do DEM disse ao microfone que "mulher que participa da política e bate como homem, tem que apanhar como homem".



As violências contra Jandira em Plenário foram repudiadas por diversos movimentos sociais, entidades da sociedade civil, centrais trabalhistas, sindicatos, partidos e lideranças políticas, ministros de Estado e a presidente da República, Dilma Rousseff. O caso foi registrado por imagem e áudio, e o material anexado aos laudos da Câmara e do STF.

Para Jandira, é preciso romper com o machismo e ódio entranhado na política: "Ter lado na política incomoda muita gente. E quando é uma mulher que lidera um debate, é mais incômodo ainda. Nenhuma violência deve ocorrer ou ser justificada, como disseram. Isso deve ter um basta da sociedade de uma vez por todas", disse a deputada do PCdoB.

 

Veja também:

>> Como fazer um bom jornalismo e cativar o público na era digital - ouça as dicas de Nívia Carvalho

>> Portela já tem enredo para Carnaval 2016

>> Alfredo Herkenhoff: o silêncio das redações de jornais está além do som das teclas

>> Acervo de fotos "em homenagem" ao 13 de Maio - veja

>> EUA: Jornalões, entre eles o NYT, passam a publicar conteúdo diretamente no Facebook

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
  •  
  •  
  •  comentário(s)
  •  
 
Jandira ingressa com representação no STF contra agressão - vídeo
 

Copyright 2020 - WebRadio Programa Conexão - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Go2web

Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!