• Ouça a Rádio
  • Galeria de Fotos
  • Vídeos
  • Facebook
  • Twitter
Conexão Jornalismo é o primeiro site do país a merecer o selo verde.
Planvale

Busca

 

Conexão TV

Terça-feira, 26 de Maio de 2020

Jornalistas de Globo, Folha e Estadão vão deixar chiqueirinho do Alvorada

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
VER +

Galeria de Fotos

 
 

 
 

Comunidade

home > colunas > cultura > novas mídias

Cultura - Novas Mídias

 

Sexta-feira, 13 de Março de 2020

Eduardo Bolsonaro confirma e depois nega que pai tenha contraído coronavírus

Apresentadora da Fox News e Eduardo Bolsonaro
Apresentadora da Fox News e Eduardo Bolsonaro

Não que seja espantoso, mas o que surpreende desta vez é que o filho mais novo do presidente da República, Eduardo Bolsonaro, tenha recorrido a uma mídia estrangeira, de prestígio e de propriedade do ídolo de seu pai para plantar uma fake news. Tudo começou no final da manhã desta sexta-feira 13. Um colunista da emissora Fox News, John Roberts, emissora do grupo de Donald Trump, afirmou ter ouvido de Eduardo Bolsonaro que seu pai teria feito o teste e este apontado resultado "positivo" para o coronavírus.


Mas, para espanto geral, logo em seguida o próprio Eduardo Bolsonaro, em sua conta no Twitter, negaria a afirmação. Novamente passou a desancar a mídia acusando-a de produzir "fake news".

Coube ao jornalista Glenn Greenwald, americano casado com o deputado federal David Miranda (PSOL/RJ) alertar seus colegas americanos que sua reputação estava sendo colocada à prova por Eduardo Bolsonaro:

"(...)John Roberts, aqui está o filho de Bolsonaro, diretamente em sua própria rede, chamando-o explicitamente de mentiroso e insistindo em que você inventou seu principal furo: alegando que ele nunca disse que o teste de seu pai era positivo, nunca soube de um primeiro teste".

As idas e vindas de afirmações e desmentidos é uma marca registrada da família Bolsonaro. Sem compromisso com o que falam ou negam, tudo poderá ser diferente amanhã. Basta lembrar que na terça-feira (10) Bolsonaro revelou que muito do que se falava sobre coronavírus na mídia internacional era "fantasia", e no dia seguinte ele cancelou uma viagem por conta do coronavírus. E pior: um auxiliar, o secretário de Comunicação Fábio Wajngarten, contraíra a doença e expôs a enfermidade ao próprio Donald Trump - com quem esteve no dia anterior.

 

Veja também:

>> Doc de Marielle e a atenção com o voto em mulheres negras

>> Rodrigo Maia chama de "medíocre" a visão de Paulo Guedes em momento de crise

>> Coronavírus: Instituto Marielle Franco cancela mobilização e pede homenagem na rede

>> Não existe nova civilização, mas sim luta de classes e crise do capitalismo

>> Outro patamar: Bruno Henrique, do Fla, usava habilitação falsificada - revela perícia

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
  •  
  •  
  •  comentário(s)
  •  
 
Eduardo Bolsonaro confirma e depois nega que pai tenha contraído coronavírus
 

Copyright 2020 - WebRadio Programa Conexão - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Go2web

Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!