• Ouça a Rádio
  • Galeria de Fotos
  • Vídeos
  • Facebook
  • Twitter
Conexão Jornalismo é o primeiro site do país a merecer o selo verde.
Planvale

Busca

 
Audiência na TV

Quinta-feira, 14 de Janeiro de 2021

A cientista que ofendeu Caetano e Felipe Neto
Audiência na TV

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook

Conexão TV

Terça-feira, 12 de Janeiro de 2021

Lupin: Série francesa da Netflix quebra recorde na plataforma

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
VER +

Galeria de Fotos

 
 

 
 

Comunidade

home > colunas > cultura > novas mídias

Cultura - Novas Mídias

 

Segunda-feira, 26 de Setembro de 2016

Debate na Record: Pedro Paulo vira alvo em noite que Crivella consolidou liderança - vídeo

Da Redação

Crivella parecia jogar em casa - e jogava. No debate promovido pela Rede Record, de propriedade do seu tio, Bispo Macedo, o candidato do PRB à Prefeitura do Rio não fustigou e foi pouco fustigado. Com isso, afora um erro crasso comum ao final das campanhas, ele deverá estar no segundo turno. Se houve um candidato que perdeu muito mais do que ganhou este foi Pedro Paulo (PMDB). Candidato da situação, a agressão a sua ex-mulher foi lembrada por pelo menos quatro candidatos (Molon, Jandira, Índio e Marcelo Crivella) e isso tirou o candidato do eixo.

Jandira Feghali, Marcelo Freixo e Alessandro Molon surfaram com relativa tranquilidade em um universo de dobradinhas. Osório usava Crivella que por sua vez batia bola com Índio.

O desgaste das esquerdas, que foi acirrado com um texto publicado por Jean Wyllys (leia aqui), foi estrategicamente deixado de lado. Afora um ou outra farpa lançada de lado a lado, como no momento em que Freixo lembrou ser o único dos candidatos que não tinha qualquer relação com o PMDB, a convivência foi pacífica.

Leia aqui:
Romário, da Zona Oeste, organizou comício com Lula

Jovem de 16 anos diz que Wyllys errou ao atacar Jandira
Briga de PCdoB e Psol lembra as desavenças entre Lula e Brizola


Jandira atacou Osório após este atribuir ao PT a crise no país, e aproveitou para unir Pedro Paulo e Marcelo Crivella no mesmo pacote acusando a ambos de "golpistas". Freixo também não fugiu da polêmica quando foi envolvido no processo político nacional por Flávio Bolsonaro por ter defendido o governo Temer:

- Nós não defendemos o golpe, ao contrário da sua família - disse.

Molon também reagiu quando Bolsonaro quis usá-lo para atacar Índio da Costa por suposta prática de crime ambiental:

- Não me use para atacar outros candidatos. Até porque crime ambiental quem cometeu foi seu pai - disse. Neste instante Jair Bolsonaro, que assistia ao debate na plateia, xingou Molon.

A disputa entre a vaga no segundo turno foi acirrada neste fim de semana por conta da presença de Lula na campanha de Jandira. Ela terá início nesta segunda-feira em comício em Bangu.

Um momento engraçado foi quando Crivella chamou Pedro Paulo de Pezinho, numa alusão ao governador licenciado: este é o Pezinho de Eduardo Paes - disse.



 

Veja também:

>> Demolição de Temer na Globo começou com Faustão - veja o vídeo

>> Com nome de craque, Romário Galvão quer ocupar a grande área na política social

>> Caçada ao PT continua: Antonio Palocci é preso na Lava-Jato

>> A Educação precisa abraçar o binômio Ensino/Aprendizagem

>> Golpe parlamentar: Cunha vai confirmar aquilo que todo mundo já sabe

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
  •  
  •  
  •  comentário(s)
  •  
 
Debate na Record: Pedro Paulo vira alvo em noite que Crivella consolidou liderança - vídeo
 

Copyright 2021 - WebRadio Programa Conexão - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Go2web

Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!