• Ouça a Rádio
  • Galeria de Fotos
  • Vídeos
  • Facebook
  • Twitter
Conexão Jornalismo é o primeiro site do país a merecer o selo verde.
Planvale

Busca

 

Conexão TV

Sexta-feira, 27 de Novembro de 2020

Globo fará debates nesta sexta-feira em 35 cidades

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
VER +

Galeria de Fotos

 
 

 
 

Comunidade

home > colunas > astral > religião

Astral - Religião

 

Quarta-feira, 14 de Outubro de 2020

Do futebol só se houve silêncio em vez de solidariedade a Carol Solberg

Carol criticou Bolsonaro - punição é arbítrio
Carol criticou Bolsonaro - punição é arbítrio


O universo do futebol, especialmente o brasileiro, é composto por grama, bola, torcida (em tempos outros) e analfabetismo político. Com raríssimas exceções - é verdade. Daí a não poder imaginar que emerja dos gramados uma única mensagem em solidariedade a Carol Solberg que usou os microfones da arena de vôlei de praia para gritar "Fora Bolsonaro". A legítima manifestação da atleta, que fez uso da liberdade de expressão, acabou punida.



A 1ª Comissão Disciplinar do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) condenou a jogadora por três votos a dois, com multa convertido em pena de advertência, por ter se manifestado. O ato de Carol ocorreu durante partida que valia o bronze em Saquarema (RJ), em 20 de setembro.


Hoje no Grêmio, Diego Souza manifestou afeto por Bolsonaro e não foi punido - reprodução do Youtube
Hoje no Grêmio, Diego Souza manifestou afeto por Bolsonaro e não foi punido - reprodução do Youtube  



E a punição foi além. O STJD também proibiu a atleta de se manifestar contra Bolsonaro novamente na quadra de jogo. "Você não está ali para se manifestar de forma politicamente ou religiosamente", afirmou o presidente da comissão, Otacílio Araújo.

Atletas do futebol,como Diego Souza, ex-Saopaulino e hoje no Grêmio, que fizeram "arminha" para demonstrar apoio a Bolsonaro jamais foram advertidos ou reprimidos.

 

Veja também:

>> Cena de faroeste: polícia americana amarra homem e o carrega ao lado do cavalo

>> Fux espera apoio do plenário do STF no episódio "André do Rap"

>> TSE mantém Crivella na corrida pela Prefeitura do Rio

>> Prova dos Nove: pandemia matou mais onde Bolsonaro foi mais votado

>> Eleitor deve levar sua própria caneta no dia da votação

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
  •  
  •  
  •  comentário(s)
  •  
 
Do futebol só se houve silêncio em vez de solidariedade a Carol Solberg
 

Copyright 2020 - WebRadio Programa Conexão - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Go2web

Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!