• Ouça a Rádio
  • Galeria de Fotos
  • Vídeos
  • Facebook
  • Twitter
Conexão Jornalismo é o primeiro site do país a merecer o selo verde.
Planvale

Busca

 
Audiência na TV

Terça-feira, 14 de Maio de 2019

Reinaldo Azevedo diz que sentença de Lula precisa ser anulada
Audiência na TV

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook

Conexão TV

Segunda-feira, 29 de Abril de 2019

Jovem russa é condenada nos EUA após se passar por herdeira milionária

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
VER +

Galeria de Fotos

 
 

 
 

Comunidade

home > colunas > audiência na tv

Audiência na TV

 

Quinta-feira, 14 de Março de 2019

Moro diz ter a "impressão" de haver mandantes do assassinato de Marielle

Moro: crê na possibilidade de crime de mando
Moro: crê na possibilidade de crime de mando
Foto: Antônio Cruz/Agência Brasil

O ministro da Justiça, Sérgio Moro, o que prendeu Lula com provas refutáveis do ponto de vista legal, conforme atestaram advogados, disse acreditar que o assassinato de Marielle Franco e Anderson Gomes, que hoje (14 de março) completa um ano, pode ter tido mandantes. O que é propagado como certeza por toda a sociedade, portanto, é finalmente admitido pela autoridade que conduziu, por anos, a Operação Lava-Jato. Nela, conforme ficou evidente no seu curso, as convicções valeram mais do que provas.



Sérgio Moro negou qualquer relação entre o presidente Jair Bolsonaro (PSL) e o assassinato da vereadora Marielle Franco (PSOL-RJ). Em entrevista publicada pelo jornal Valor Econômico, ele afirmou que há uma movimentação no governo para manter a investigação e a busca pelos nomes do mandantes do crime.

"Primeiro, não existe nenhuma relação entre o presidente e familiares com essas pessoas que cometeram esse crime. Isso sequer é cogitado, não tem nenhuma hipótese nesse sentido. Pelo contrário, o que existe é uma aspiração, tanto do governo federal, como do governo estadual para que os fatos sejam esclarecidos", declarou Moro.

Moro não comentou o fato de o presidente e o assassino morarem no mesmo condomínio, no Rio. Este fato chamou a atenção e foi muito explorado por jornais no Brasil e no exterior. Uma das razões é a omissão dos órgãos que deveriam dar segurança ao presidente neste episódio.

Ainda de acordo com o ministro, há indícios de que os assassinos de Marielle agiram após receberem ordens. "Acredito que essa é uma hipótese probatória bastante provável, e que a investigação não pode ser encerrada antes disso ser confirmado, identificados os mandantes, ou completamente descartada. A impressão que se tem é que existem mandantes", ressaltou.

 

Veja também:

>> Milicianos "contaminaram" pelo menos oito inquéritos da DH

>> No dia em que morte de Marielle faz um ano, Justiça solta citados no caso Amarildo

>> Suzano nasceu do discurso do ódio

>> Pelo menos dez crianças foram assassinadas em atentado em escola em São Paulo

>> Merendeira protegeu pelo menos 50 crianças do massacre de Suzano

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
  •  
  •  
  •  comentário(s)
  •  
 
Moro diz ter a "impressão" de haver mandantes do assassinato de Marielle
 

Copyright 2019 - WebRadio Programa Conexão - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Go2web

Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!