• Ouça a Rádio
  • Galeria de Fotos
  • Vídeos
  • Facebook
  • Twitter
Conexão Jornalismo é o primeiro site do país a merecer o selo verde.
Planvale

Busca

 

Conexão TV

Quarta-feira, 10 de Julho de 2019

Racismo na TV:apresentador ofende o povo negro ao criticar Ibope - vídeo

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
VER +

Galeria de Fotos

 
 

 
 

Comunidade

home > colunas > audiência na tv

Audiência na TV

 

Segunda-feira, 13 de Maio de 2019

Henfil, eterno, retorna nas redes às vésperas da paralisação estudantil

Ás vésperas da paralisação de estudantes e profissionais da Educação, marcada para o dia 15, quarta-feira, em todo o país, a figura simbólica de Henfil retorna ao cotidiano, agora nas redes sociais - instrumento que o cartunista e ativista da TV não chegou a conhecer. Ele reaparece através de um dos seus personagens, a "Graúna" que era uma tirinha permanente nos jornais durante os anos 60/70/80.

O movimento político marcado para esta semana tem o apoio de sindicatos dos trabalhadores e de profissionais da Educação. Artistas já se manifestaram favoravelmente e prometem apoiar a movimentação. O cantor Lulu Santos gravou um vídeo em apoio aos estudantes.



Henfil - um inovador da comunicação do jornal e TV



Mineiro de Ribeirão das Neves, era irmão de Chico Mário, um cantor e compositor, e Betinho, um Sociólogo que fez história no país em uma histórica campanha pelo Fome Zero. Os três irmãos era hemofílicos e foram contaminados durante transfusões de sangue. Por serem, todos, ligados a partidos de esquerda, especulou-se durante muito tempo que a contaminação não teria sido acidental.

Ele começou trabalhando como jornalista e cartunista em jornais de Minas Gerais e logo passou a colaborador do Pasquim. Daí para se tornar um ícone da cultura política nacional foi um pulo. Surpreendentemente trabalhou na TV Globo onde mandava mensagens subliminares contra a ditadura.

Eis o último texto compartilhado às centenas no Facebook. Ele chama a atenção especialmente pela atualidade da sua angústia e a relação combinada com o momento atual da política no país. Ele foi publicado originalmente em 09 de janeiro de 1980:


Mãe,
Sem piadinha. Vou me abrir.
Eu tenho acordado de uns seis meses para cá
sem ânimo, sem "esperança, sem vontade de brilhar, de lutar, de mudar a Lucinha, o Brasil, p mundo, o universo!
Muitas noites eu não durmo, assombrado. Pensando assim: tô ficando velho, é isso. Talvez o pessoal odara tenha razão e eu já seja coisa antiga.
Passo então a pensar angustiado em como enfrentar minha velhice tomando fortificante, complexo B, mudando meu guarda-roupa.
Bão.
De repente eu percebi que o mano Betinho e a Maria também estão de farol baixo.
Aí, anteontem , pego o jornal e vejo o resultado da pesquisa Gallup que dizia que 71% dos brasileiros estão pessimistas. Há uma epidemia de desânimo e impotência assolando o país nesse exato momento!
O atual sistema, para governar, nos fez pessimistas. E pessimista não dorme, não faz amor, não faz partidos, não incomoda , não reclama , não briga.
Que diabo de país é este?
Pessimistas de todo o Brasil, uni-vos! Somos a maioria! Às ruas!"

* Extremamente atual!

 

Veja também:

>> Globo humilha Sidão, do Vasco, com "homenagem" de internautas - vídeo

>> Lula diz que não pediu segundo mandato de Dilma por constrangimento - vídeo

>> Crítica & Literatura: Ser mãe é ler no paraíso

>> Encontro da esquerda na Cinelândia foi ensaio para união em 2020

>> Uma "oportunidade" que Bolsonaro nos deu de melhor compreendê-lo

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
  •  
  •  
  •  comentário(s)
  •  
 
Henfil, eterno, retorna nas redes às vésperas da paralisação estudantil
 

Copyright 2019 - WebRadio Programa Conexão - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Go2web

Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!