• Ouça a Rádio
  • Galeria de Fotos
  • Vídeos
  • Facebook
  • Twitter
Conexão Jornalismo é o primeiro site do país a merecer o selo verde.
Planvale

Busca

 
Audiência na TV

Segunda-feira, 13 de Agosto de 2018

Globo bate forte em Aécio Neves e Anastasia - vídeo
Audiência na TV

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook

Conexão TV

Quarta-feira, 08 de Agosto de 2018

"Chandler Bing", de Friends, é internado às pressas nos EUA

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
VER +

Galeria de Fotos

 
 

 
 

Comunidade

home > colunas > audiência na tv

Audiência na TV

 

Segunda-feira, 06 de Agosto de 2018

E manobra confusa, PT dá a vice a Manuela D'Ávila, mas oficializa Haddad

A matemática não é a lógica da política, mas a manobra traçada por PT e PCdoB para as próximas eleições é de complexa assimilação: - ou se é muito ingênuo para acreditar ou se deve ter uma fé astronômica na palavra dos políticos. Vejamos: o nome de Lula foi confirmado como o do candidato à Presidência. Haddad figura oficialmente como vice. Entretanto, caso Lula seja inviabilizado (o que é provável), Haddad seria o candidato à Presidência e a comunista Manuela D'Ávila, a vice. E aí você pergunta: e se Lula for confirmado? Neste caso, dizem os envolvidos no acordo, Manuela será a vice.



Há um entendimento de que Haddad só sereá mantido durante a campanha eleitoral. Parte, como advogado, da defesa de Lula, tem uma proximidade necessária para ser seu porta voz. De acordo com a lei eleitoral, o PT tem até 27 de setembro para fazer a substituição por Manuela que será vice de fato, constando na chapa.

Há uma tese de que Haddad não deseja ser presidente. Assim, ou engolem o TSE engole Lula ou terá a jovem comunista do PC do B na Presidência. O acordo entre os partidos envolve também outras legendas como o PCO e PROS.

Ciro Gomes fechou acordo com Kátia Abreu para fechar sua chapa. A senadora, uma das aliadas de Dilma até o último momento de seu governo, deixou o PMDB e agora integra o mesmo PDT. Ela sofre críticas dos setores progressistas por ser uma combativa defensora do agronegócio.

Acordo no Rio entre Tiburi e Giordano



No Rio, a chapa da esquerda ficou com Márcia Tiburi (PT) governadora, Leonardo Giordano (PCdoB) vice e Lindbergh (PT) senador. O suplente do Lindbergh será indicado pelo PT. Para deputado federal haverá coligação entre os dois partidos. Os nomes mais fortes para serem eleitos deputados federais nessa coligação são Jandira Feghali (PCdoB), Quaqua (PT) e Wadih Damous(PT). Não haverá segunda vaga ao senado. Haverá um acordo com o Psol para que a esquerda vote em Chico Alencar para o senado. O PSOL, por sua vez, manterá a candidatura de Tarcisio Motta como candidato ao Guanabara.

De acordo com as pesquisas, o líder na disputa ao governo é o ex-jogador e senador Romário (Podemos), seguido por Eduardo Paes (DEM). Esta é a primeira eleição em que o PMDB, que controla há meio século a política no Rio, não será protagonista. Outro nome forte ainda não confirmado na disputa é o do ex-governador Anthony Garotinho.

Em Pernambuco a bronca foi contra a direção nacional do PT



Em Pernambuco a preferida para o governo do estado, Marília Arraes, aceitou disputar uma vaga para deputada federal pelo PT. Lá, no acordo traçado por Lula, o partido vai apoiar a reeleição de Paulo Câmara (PSB) que terá como vice a também comunista Luciana Santos.

Em nota, a executiva do partido no estado protestou contra a direção nacional por não respeitar a decisão regional.

NOTA OFICIAL



A determinação do Diretório Nacional do PT que retirou a indicação de Marília Arraes como candidata a governadora, feita em nosso encontro estadual, e encaminhou a coligação com o PSB em nosso Estado atropelou o desejo de nossas bases de ter uma candidatura própria, que representasse legitimamente a defesa do presidente Lula, o projeto de resgate do Estado Democrático de Direito e a retomada dos direitos usurpados pelos golpistas.

O PT é um partido de massas e de luta. Nós somos o PT. Por isso, de forma coletiva e consciente, decidimos seguir juntos nesta próxima batalha.
O melhor caminho a ser trilhado é nos mantermos unidas e unidos em torno do nosso projeto.

O lançamento do nome da companheira MARÍLIA ARRAES para a disputa à Câmara Federal é feito coletivamente. Por vários companheiras e companheiros que também estarão nesta batalha eleitoral. Somos dirigentes partidários, militantes e também candidatas e candidatos nesta eleição.

Essa eleição é de um projeto político construido com a militância. Juntos, lutaremos com todas as armas na defesa de Lula, no combate ao golpe e na construção dos sonhos, dos desejos que construimos ao longo desta caminhada.

Essa decisão é pautada no respeito às manifestações que viemos recebendo dos quatro cantos de Pernambuco e de outros estados, de companheiros e companheiras que não querem se furtar a eleger um projeto que represente, de fato, os interesses do povo pernambucano.

Marília é hoje, sem sombra de dúvida, uma das principais lideranças políticas de esquerda de nosso Estado. É mais. É a responsável por trazer de volta para o debate político, milhares de homens e mulheres que haviam se afastado deste universo. Marília representa a coragem e a luta de todos nós.

Em nome das demais candidaturas que se animaram neste período, em nome das lutas dos movimentos sociais que nos associamos, em nome da militância de base que quer continuar resistindo, em nome da estrela vermelha que brilha no peito dos petistas, Marília Arraes seguirá candidata a deputada federal pelo Partido dos Trabalhadores, liderando a defesa de Lula, a luta dos trabalhadores e trabalhadoras e desse campo político que reúne os nossos melhores sonhos de mudar o rumo de Pernambuco e trazer de volta o Brasil mais Feliz.

#TôComMarília

Glaucus Lima - Executiva Estadual PT/PE
Edmilson Menezes - Executiva Estadual
Mucio Magalhães - Executiva Estadual PT/PE
Sheila Oliveira - Executiva Estadual PT/PE
Ivete Caetano - Executiva Estadual PT/PE
Verones Carvalhos - Executiva Estadual PT/PE
Luciano Duque - Prefeito do Serra Talhada
Teresa Leitão - Deputada Estadual e candidata a reeleição
Fernando Ferro - Candidato a Deputado Federal
Carlos Veras -Candidato a Deputado Federal
Liana Cirne - Candidata a Deputada Federal
Flavia Hellen - Candidata a Deputada Federal
Daniel Finizola - Candidato a Deputado Federal
Joao Alfredo - Candidato a Deputado Federal
Emidio Vasconcelos - Candidato a Deputado Federal
Ernesto Maia - Candidato a Deputado Federal
Cristina Costa - Candidata a Deputada Estadual
Sylvia Siqueira Campos - Candidata a deputada estadual
Sinesio Rodrigues - Candidato a deputado estadual
Felipe Rodrigues - Candidato a deputado estadual
Maricleiton Silva - Candidato a deputado estadual
Ricardo Andrade - Candidato a deputado estadual

 

Veja também:

>> Lula decide neste domingo o nome do vice

>> Maduro é alvo de atentado a bomba

>> Maduro afirma que atentado foi orquestrado pelo governo da Colômbia

>> Crítica & Literatura: Essa gente

>> Bolsonaro sai maior de sabatina da Globonews - vídeo

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
  •  
  •  
  •  comentário(s)
  •  
 
E manobra confusa, PT dá a vice a Manuela D'Ávila, mas oficializa Haddad
 

Copyright 2018 - WebRadio Programa Conexão - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Go2web

Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!