• Ouça a Rádio
  • Galeria de Fotos
  • Vídeos
  • Facebook
  • Twitter
Conexão Jornalismo é o primeiro site do país a merecer o selo verde.
Planvale

Busca

 

Conexão TV

Terça-feira, 26 de Maio de 2020

Jornalistas de Globo, Folha e Estadão vão deixar chiqueirinho do Alvorada

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
VER +

Galeria de Fotos

 
 

 
 

Comunidade

home > colunas > audiência na tv

Audiência na TV

 

Terça-feira, 17 de Março de 2020

Ciro no Roda-Viva diz que militares não defendem endurecimento do regime

Ciro Gomes: críticas a Bolsonaro, Lula e jornalistas
Ciro Gomes: críticas a Bolsonaro, Lula e jornalistas

As ameaças de pessoas ligadas ao clã Bolsonaro de que poderia haver um golpe, o endurecimento do regime ou até ressuscitarem o AI-5, conforme dito e repetido recentemente pelo general e chefe do Gabinete de Segurança Institucional, Augusto Heleno, não encontraria respaldo ou apoio no meio militar. Esta foi uma das advertências feitas pelo ex-deputado e governador Ciro Gomes (PDT), entrevistado do programa Roda Viva, da TV Cultura, nesta segunda-feira (16). Para Ciro, que não pode comparecer pessoalmente por conta de uma gripe, os militares que cercam o presidente não contam com o apoio das Forças Armadas que chegam a temer sofrer um danoso desgaste por conta das trapalhadas do governo.



Cercado por jornalistas hostis ao enfrentamento da oposição contra o governo central, apesar das críticas que Bolsonaro tem feito à mídia, Ciro se saiu bem da maioria das perguntas. Mas demonstrou irritação quando foi lembrado do período em que, deputado federal pelo MDB do Ceará, foi considerado um parlamentar faltoso, na última legislatura, e quando afirmaram que o líder do seu partido, Carlos Lupi, recebia salário sem trabalhar.

O alvo principal de Ciro foi o período do PT no governo. O tempo dedicado ao desafeto com quem disputa espaço político à esquerda foi quase o mesmo usado para se defender ou apontar os erros do governo Bolsonaro.

Para o cearense, que irá disputar novamente a Presidência da República em 2022, o PT é o responsável pelo aparecimento de Bolsonaro na política: "não teria havido Bolsonaro se o PT não tivesse cometido tantos equívocos", disse.

Os jornalistas foram constrangidos em alguns momentos da entrevista. Um deles foi quando tiveram que ouvir, calados, a crítica de que a imprensa brasileira pertence a cinco famílias que detém o oligopólio da Comunicação: "o que não ocorre em nenhum outro lugar do mundo", disse.

Em outros momentos, os profissionais tiveram posta em dúvida a capacidade de compreender a conjuntura econômica.

Ciro Gomes defendeu seu irmão, o senador afastado Cid Gomes, criticado pelos repórteres por conta do uso de uma retroescavadeira para enfrentar policiais militares amotinados na Cidade de Sobral.

- Vocês não podem querer que tratemos esta conjuntura política com refinamento enquanto eles querem acabar com o país. Cid foi um herói! - disse.

O comportamento parcial de alguns dos jornalistas, alguns fazendo uma discreta defesa de Bolsonaro, foi alvo de críticas nas redes sociais. Mas a mais contundente partiu do jornalista americano Glenn Greenwald. Ele usou o Twitter para reclamar do comportamento dos profissionais:

- Foi assustador assistir os jornalistas do #RodaViva se concentrarem nas distrações mais triviais ao questionar a @CiroGomes quando o Brasil está no meio da pior pandemia global em um século, instabilidade extrema chegando e um ataque à democracia por parte do presidente instável.
- Glenn Greenwald (@ggreenwald) March 17, 2020

Há uma porra de uma pandemia no Brasil que está ameaçando a vida de milhões de brasileiros.
Quão estúpido tem que ser para continuar gastando esse tempo no #RodaViva fazendo a Ciro as mesmas perguntas banais sobre a Venezuela? Quão burros e isolados são esses jornalistas?
- Glenn Greenwald (@ggreenwald) March 17, 2020

Veja aqui o Roda Viva na íntegra:

 

Veja também:

>> Popular, Bar do Omar fecha as portas durante coronavírus. Francês chama povo de gado

>> Franceses só podem sair de casa por cinco motivos

>> Brasil tem o primeiro caso de morte por causa do coronavírus

>> Sem direitos, trabalhadores informais ficam mais expostos ao coronavírus

>> Big racismo: mercado catarinense é multado após caso de preconceito racial

 
  • Enviar para um amigo
  •  
  • Compartilhar no Twitter
  •  
  • Compartilhar no Facebook
  •  
  •  
  •  comentário(s)
  •  
 
Ciro no Roda-Viva diz que militares não defendem endurecimento do regime
 

Copyright 2020 - WebRadio Programa Conexão - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Go2web

Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!